Suprilar Supermercados começa receber CredCesta

O cartão contempla servidores ativos e inativos do Estado

A rede Suprilar Supermercados começou a receber essa semana o cartão CredCesta. O Cartão criado pelo o governo do estado da Bahia, que beneficia o funcionalismo público estadual.

Além de poder aproveitar os melhores preços em produtos, promoções e bom atendimento do Suprilar, o cliente CredCesta, vai poder parcelar em até 2x ou se preferir, pagar com até 60 dias.

Na rede Suprilar Supermercados, o cliente poderá comprar em qualquer uma das lojas do sul e extremo sul da Bahia. A rede é a única credenciada para receber o CredCesta.

Para Danilo Suprilar, diretor da rede, o cartão vai corrigir uma falha que ficou nas cidades baianas desde que a Cesta do Povo fechou, “conversei com alguns policiais e funcionários do judiciário e eles reclamavam a falta de ter um lugar para fazer compras e poder parcelar. Agora isso deve ajudar muito a classe”.

Suprilar em Una

O supermercado Suprilar fica localizado na Avenida David Fuchs e está aberto  de segunda a segunda. Das 7:30 até as 19 hs, e no domingo até ao meio dia.

 

O cartão CredCesta

Os funcionários públicos estaduais começaram a receber em sua residência os novos cartões Credcesta, emitidos pela empresa que administra as lojas da Ebal – Empresa Baiana de Alimentos S/A. Assim como os antigos cartões Credicesta, os servidores poderão fazer a compra de alimentos utilizando a margem disponível em folha. Além da mudança de nome, de Credicesta para Credcesta, o programa permite a realização de compras em estabelecimentos credenciados e operações de crédito (saques em dinheiro).

O desbloqueio para utilização dos cartões pode ser realizado através do site do CredCesta ou do aplicativo Credcesta, na App Store ou no Google Play. O desbloqueio também pode ser efetuado através da central de relacionamento, no 4003-3920 (Salvador e Região Metropolitana) ou no 0800 729 0660 (demais regiões), ou da loja Credcesta, situada no Shopping Piedade, em Salvador.

Para ativar o cartão, o servidor precisa fornecer o CPF, a data de nascimento e a matrícula. Se o servidor receber o cartão e não quiser utilizá-lo, a orientação é que o inutilize ou guarde em lugar seguro. Ele pode também mandar um e-mail para a empresa solicitando o cancelamento: [email protected]. Não será cobrada nenhuma tarifa caso o cartão não seja utilizado.

O Programa Credcesta foi regulamentado em abril do ano passado, através do Decreto nº 18.353. São beneficiários do Programa os servidores e empregados públicos ativos e inativos (aposentados e pensionistas) da Administração direta e indireta do Estado dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *