Facebook vaza dados pessoais de usuários

A companhia criada por Zuckerberg autorizou Amazon, Bing, Netflix, Spotify e Yahoo tivessem acesso a informações pessoais de seus usuários.

Não é novidade que o facebook vaza dados para empresas, o próprio Mark assumiu isso em uma sabatina no congresso americano. Mas, dessa vez, o jornal americano The New York Times divulgou hoje que a maior rede social do mundo, do bilionário Mark Zuckberg, o Facebook,  vazou por dinheiro dados pessoais dos seus usuários para gigantes da tecnologia. De acordo com o jornal, o número de dados vazados foi muito maior do que o relatado em abril desse ano por Mark.

Segundo a publicação, que investigou dados documentos internos da empresa e entrevistou cerca de 50 ex-funcionários e parceiros, o Facebook compartilhou dados de usuários sem consentimento dos mesmos com grandes empresas tecnológicas para conseguir alavancar seu modelo de negócios.

O jornal apurou que alguns casos foram mais invasivos do que  os outros. O Facebook não vendeu os dados, mas compartilhou através de acordos que auxiliam a plataforma para poder arrecadar mas dinheiro. Assim atraindo novos usuários, incentivando o uso da rede social e aumentando assim, a sua publicidade.

Ainda de acordo com o jornal,  essas empresas receberam informações variadas entre endereços de e-mail, números de telefone e são “centenas de milhões [ de dados vazados ] por mês”.  Segundo a apuração, 150 empresas têm acesso a esses conteúdos particulares, a maioria composta por redes de tecnologia.

Mensagens privadas foram acessadas por empresas

O Facebook autorizou ao Bing, a plataforma de busca da Microsoft, a ver todos os nomes das amizades dos usuários do Facebook. À Netflix e ao Spotify permitiu ler as mensagens privadas.

A rede social também deu à Amazon acesso ao nome dos usuários e informações de contato e ao Yahoo permitiu ver publicações das amizades.

Algumas destas práticas ocorreram pelo menos até meados do ano. Quando atingido por múltiplos escândalos de privacidade, o Facebook tinha dito publicamente que já não permitia tais ações.

Como funcionam os anúncios no facebook

Não adianta correr ou duvidar, o facebook é a maior rede social do mundo. Por mais chata que ela possa parecer. Por mais que as pessoas tenham conseguido migrar um tanto para instagram e perderem menos tempo com o “face”, a empresa de Zuckberg domina as redes sociais. Qualquer plataforma de anúncios para ser bem sucessido, irá passar pela rede.

Toda estratégia de marketing digital, mais cedo ou mais tarde, vai chegar ao Facebook Ads. É o caminho natural.

Mas o que é Facebook Ads?

Por definição simples, o Facebook Ads é um sistema de mídia paga do Facebook que tem como sua principal característica a extensa variedade de formatos de anúncios possíveis. Ela também possibilita diferentes opções de segmentação para as empresas ou pessoas que utilizam os seus serviços. É justamente aí, que o vazamento de dados é muito importante para a empresa. Com dados vazados, ela pode conseguir mais dinheiro das grandes anunciantes, pois empresas que vivem para vender, como a Amazon, saberá, de posse de dados como: Que livro um usuário gosta? Qual camisa ele prefere? enfim, de posse desses dados, a empresa consegue fazer uma segmentação de anúncios.

Essa característica também otimiza o número de conversões, visto que você pode trabalhar com diferentes anúncios para diferentes públicos.

O alcance do Facebook é inegável. No Brasil, por exemplo, quase metade da população utiliza a plataforma mensalmente.  Segundo o IBGE, hoje o país conta com 210 milhões de habitantes. As informações contidas na própria página do Facebook dizem que são 102 milhões de brasileiros navegando na rede social. Desse total de usuários, 93 milhões estão acessando a plataforma através de smartphones.

Atualmente, a rede social conta com 3 milhões de anunciantes ao redor do mundo, então a melhor sugestão que posso dar é que você comece a anunciar hoje mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *