CNT/MDA: Bolsonaro (28,2%) e Haddad (25,2%) registram empate técnico – Bolsonaro estagnado e Haddad subindo

A mais nova pesquisa, récem saída do forno, também mostra o crescimento astronômico do candidato petista, Fernando Haddad. Encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) divulgada neste domingo (30), o candidato Bolsonaro aparece com 28,2%, Haddad já aparece tecnicamente empatado com 25,2% da preferência dos entrevistados. Ciro Gomes (PDT) em seguida com 9,4%. Geraldo Alckmin (PSDB) marcou 7,3% dos votos, e Marina Silva (Rede) 2,6%.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas nos dias 27 e 28 de setembro em 137 municípios de 25 unidades da federação. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-03303/2018 e tem nível de confiança de 95%. A margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A última pesquisa MDA/CNT de intenções de voto dos candidatos à Presidência foi divulgada em 17 de setembro. Ela trazia Bolsonaro em primeiro lugar, com 28,2% das intenções, seguido por Haddad, com 17,6%, e Ciro, com 10,8%.

Pesquisa Datafolha divulgada na sexta-feira (28)  mostrou Bolsonaro com 28% das intenções de voto, Haddad com 22% e Ciro com 11%.

Segundo turno

A pesquisa MDA/CNT também trouxe cenários de segundo turno. Veja os principais resultados, considerando a intenção de voto estimulada:

Cenário 1
Ciro Gomes: 42,7%
Jair Bolsonaro: 35,3%
Branco/Nulo: 17,8%
Indeciso: 4,2%

Cenário 2
Fernando Haddad: 42,7%
Jair Bolsonaro: 37,3%
Branco/Nulo: 16,1%
Indeciso: 3,9%

Cenário 3
Jair Bolsonaro: 37%
Geraldo Alckmin: 33,6%
Branco/Nulo: 25,1%
Indeciso: 4,3%

Cenário 4
Ciro Gomes: 34%
Fernando Haddad: 33,9%
Branco/Nulo: 26,9%
Indeciso: 5,2%

Cenário 5
Ciro Gomes: 41,5%
Geraldo Alckmin: 23,8%
Branco/Nulo: 29,1%
Indeciso: 5,6%

Cenário 6:
Fernando Haddad: 39,8%
Geraldo Alckmin: 28,5%
Branco/Nulo: 26,4%
Indeciso: 5,3%

Índices de rejeição

O levantamento também testou junto aos entrevistados o limite de voto que cada candidato à Presidência pode receber. Veja abaixo os índices dos que declararam
“não votar de jeito nenhum” no nome apresentado, em ordem alfabética:

Ciro Gomes: 37,1%
Fernando Haddad: 48,3%
Geraldo Alckmin: 52,8%
Jair Bolsonaro: 55,7%

Facebook Comments
Por favor, siga e compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial