Reajuste no Bolsa Família começa a valer a partir de amanhã (01/07)

Reajuste no Bolsa Família reforçarão o combate a fome e ao subdesenvolvimento das famílias

O governo federal reajustou em 5,67% o valor mensal do Bolsa Família. O aumento havia sido anunciado pelo presidente Michel Temer na véspera do Primeiro de Maio – Dia do Trabalho.  O decreto do aumento entra em vigor a meia-noite de 1º de julho.

Segundo as regras do programa, o benefício é para famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, caracterizadas pela renda familiar mensal per capita de até R$ 178 e R$ 89, respectivamente.  Essas são as regras atuais que irão valer a partir de amanhã. Hoje, esses valores são de R$ 170 e R$ 85. O Programa Bolsa Família-PBF beneficia 13,8 milhões de famílias.

Com o aumento, famílias de extrema pobreza que tenham gestantes, nutrizes, crianças de até 12 anos ou adolescentes até 15 anos, receberão um benefício variável mensal de R$ 41 por beneficiário. Até o limite de R$ 205 por família. Atualmente esse benefício é de R$ 39. O limite é de R$ 195 por família. Para as famílias com adolescentes de 16 a 17 anos de idade matriculados em estabelecimentos de ensino público ou privado, o benefício variável passará de R$ 46 para R$ 48 por beneficiário. Já o limite é de R$ 96 por família. Sem o reajuste, o limite por família é de R$ 92.

Bolsa Família em Una

O PBF beneficiou, no mês de junho desse ano, 3.452 famílias. Isso representa uma cobertura de 99,9 % da estimativa de famílias pobres no município. A média de recebimento das famílias unenses está em um valor de R$ 190,26. O valor total transferido pelo governo federal em benefícios às famílias da cidade alcançou R$ 656.765,00 no mês.

Em relação às condicionalidades necessárias para manter a família aptas a receberem o benefício, que são a frequência escolar e o acompanhamento na área da saúde, os números da cidade estão em níveis considerados bons. O acompanhamento da frequência escolar na cidade de Una,  com base no bimestre de novembro de 2017, atingiu o percentual de 90,5%. Para crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos. O que equivale a 2.084 alunos acompanhados em relação ao público no perfil que é de 2.303. Para os jovens entre 16 e 17 anos, o percentual atingido foi de 72,7%. Isso resulta em 437 jovens acompanhados de um total de 601.

Já o acompanhamento da saúde das famílias, na vigência de dezembro de 2017, atingiu  70,2 %. Esse percentual equivale a 1.930 famílias de um total de 2.750 que compunham o público no perfil para acompanhamento da área de saúde do município. Os dados da saúde são divulgados duas vezes por ano.

Os dados foram extraídos do site do governo federal. Para mais detalhes cliquem aqui.

Facebook Comments
Por favor, siga e compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial