Una tem casas de Show mais seguras do Brasil – Artigo Di Rusciolelli

 

Pensem nisso e leiam com atenção, algumas informações abaixo não são reais, vocês saberiam me dizer quais?

O texto abaixo na verdade é uma crítica, não aos locais ou os seus proprietários  mas sim a falta de pensamento das pessoas de Una que insistem em dizer que nossa cidade é segura para realizar festas de grande porte.

 

Repercute no Facebook, umas fotos do domingo sempre parado de Una e estão reclamando de que Una não tem nada para fazer.
Foto retirada da Rede Social Facebook – essa foto retrata a atitude retrógada da Prefeita Diane em fechar as casas de show da cidade. População se queixa na rede, dizendo que no tempo que Mané Dentista (que Deus o tenha), Luiz Eleias, Dejair Birschner, Zé Pretinho, Davi e novamente Dejair Birschner, os domingos de Una não eram assim, eram sim com Trios Elétricos todos os domingos na rua circulando as principais avenidas da cidade, e grande eventos como festas noturnas no Clube Social com atrações como Chiclete com Banana, Ivete Sangalo e na Laje de Marcão a festa rolava solta com o grande Dj Malboro e André Marques.

É verdade tá certo mesmo, vamos recriminar a prefeita Diane e o ato da administração, vejam algumas postagens sobre isso em ter interferido no trabalho das casas de shows de Una. Que diga-se de passagem são todas seguras. E vamos também colocar a culpa nela pelo fato de Una ter sido sempre a cidade mais desenvolvida da Bahia, e principal destino turístico de nosso estado com suas grandes festas, em detrimento dos salários alheios ou motivos de embolsar as verbas públicas. Afinal ela não tem 33 dias de governo, Una desde sempre foi governada por Diane, que com mão de ferro, nunca entregou o poder para ninguém.

 

Vamos colocar pingos nos Is. E pegar como exemplo algumas das casas de show mais utilizadas na cidade nos últimos tempos.

 

O Clube Social de Una é um exemplo em segurança, com suas largas portas de saída e janelas de vidro sólidas, resistentes até balas de cartucho de 12. A fiação elétrica do Clube é um exemplo a parte, os fios não ficam soltos e pendurados em cima do telhado, próximo a porta que dá acesso ao bar, e não é um gato, é sim uma nova maneira de ter energia sustentável.

 

Em seu telhado, o clube conta com uma estrutura de alumínio e não antigas folhas de eternit que contém amianto. E ali no Clube sempre que acontecem festas, nunca houve nenhuma briga ou nunca se disparou nenhuma arma de fogo. Muito pelo contrário, o próprio Clube tem seus seguranças muito bem treinados para coibir qualquer começo de tumulto e confusão. Uma outra coisa que chama atenção para a segurança do Clube Social de Una é a de seus mais de 30 extintores, todos espalhados em locais estratégicos, caso alguma coisa venha a acontecer, e todos também estão sempre vistoriados e nenhum está fora do tempo de validade. O Clube Social de Una, cabe ainda ressaltar que suas saídas de emergências, pelo fundo e nas laterais estão sempre abertas, são largas – passam mais de cinco pessoas ao lado da outra – e ainda são muito bem sinalizadas.  O Clube também, todos os anos é feito uma reforma e não aparenta que já tenha mais de 30 anos suas instalações. Para encerrar sobre o Clube, cabe dizer que o local é equipado com moderno sistema anti-incêndio e iluminação autossustentável que assim que falta luz, as marcações de saída estão sempre visíveis.
Vejam que grande estrutura as paredes com uma acústica perfeita. Não, os fios que vocês estão vendo em cima do teto não são fios de energia expostos, era parte da decoração da festa.
Outra casa de Show que merece uma nota muito boa no quesito segurança, é A famosa Laje em cima da Vivo Safira, ou Laje de Marcão. Cabe salientar que a famosa laje, é de propriedade do irmão da Prefeita Diane, e que a mesma não seria jamais ligada  a qualquer incidente que ali viesse a ocorrer, tendo em vista que oposição a ela, não existe na cidade.
A Laje de Marcão, é um exemplo de segurança, há começar por sua entrada enorme, onde passam 4 pessoas ao mesmo tempo, lado a lado, e a escada é feita de um material não cortante, evitando assim que se alguém cair, o impacto com os degraus sejam absorvidos, e diminua os riscos do acidente, afinal não tem jeito, descer uma escada rolando não é coisa boa mesmo que ela seja feita com esse material acolchoado que é a Laje de Marcão. Outra coisa maravilhosa da Laje de Marcão, é que na escadaria, ampla e acolchoada, há um corrimão para auxílio de deficientes ou até aquele folião que passou da conta bebendo demais, possa se agarrar na descida. E além disso, há uma plataforma, para deficientes físicos em cadeiras de rodas que queiram curtir uma baladinha.
A Laje de Marcão é bem iluminada, seu moderno sistema de iluminação, com lampadas de LED e fios protegidos de cobre com conduítes de titânio  não ficam a mostra, e o telhado de gesso – e não de eternit que contém amianto – dá um show a parte na iluminação própria e ambientada de acordo com o gosto do DJ, ou tema da festa.
Outra grande vantagem da Laje de Marcão é a que em seu parapeito há marcação, e ninguém corre o risco de cair, até porque a estrutura que protege não se parece nada com arames amarrados de uma ponta a outra da parede, e sim é uma estrutura importada das grande boates europeias, feitas de alumínio altamente resistível e inquebrável, altas o suficiente e sem espaços para passar uma criança ou adulto menor. E ainda sobre o parapeito, cabe frisar que não há fios de alta tensão passando perto da chamada varanda, e que a construção foi feita estabelecendo os padrões de qualidade do CREA para construções e edificações seguras.
Essa foto foi tirada na entrada da Laje de Marcão, uma grande festa que bombou a cidade. Mas claro vejam como a entrada da festa (esse portão e a escada ao fundo) é uma segurança total, o homem parado na porta não toma todo o espaço e ao seu lado dá muito bem para passar várias pessoas em caso de incidentes.
Foto também da última festa realizada na Laje de Marcão, vejam a estrutura que falei para evitar que as pessoas caiam do embaixo. E o que vocês vêem  parecendo fios de alta-tensão, são na verdade enfeites da festa. Não há um transformador instável que os fios são conectados em frente a Laje
Outra grande vantagem da Laje de Marcão é que há várias saídas de emergência, e que o problema que havia antes, de apenas uma entrada e uma saída foi resolvido, com a reforma que qualificou a Laje como o local mais seguro da cidade de Una para se realizar festas. E para encerrar, segundo o proprietário  os extintores de incêndio além de serem bem localizados, são trocados a cada seis meses, tudo para evitar que fiquem secos.
Veja, que estrutura adequada e nos mais altos níveis de segurança, para se realizar uma grande festa. Não, vocês não estão vendo folhas de eternit que contém amianto entrelaçadas com fios de energia e misturadas com teias de aranha, não é isso não.

O ponto da Churrascaria Nova Onda é dentre os três locais mais preferidos na cidade pra se fazer festas, o que tem a estrutura mais nova. Recém reformado e até construído, no local sempre acontecem festas emblemáticas, lá nunca houve qualquer tipo de briga, ou muito menos nunca se atirou em ninguém. Suas enormes saídas de emergência protegem os foliões caso alguma coisa aconteça, e suas estruturas não são de madeiras, pois a madeira pega fogo com facilidade, as estruturas são feitas de fibra de carbono protegidas e reforçadas, pintadas com um verniz em 3D que dá impressão de ser em de madeira.

Outra vantagem do local, é que há uma proteção para separar a pista da entrada da casa de show, é porque a Nova Onda foi construída as margens da BA-001, que liga Una a Ilhéus. Seus primeiros donos, construíram uma grande passarela, para que as pessoas que vem do outro lado da pista possam passar para o outro lado sem precisar atravessar a mesma.
A Nova Onda ganha das outras duas localidades supracitadas, pois sua localização é estratégica  não está cercada de vizinhança e ninguém reclama. Os outros locais de festas que citei, estão bem no centro da cidade, e os moradores sempre se queixam do barulho quando há festas.
Enfim no quesito Casas Noturnas, Una está bem servida, temos as mais seguras e melhores boates da região, e somos a cidade que mais atrai turistas para as noites sempre quentes.
Portanto a Prefeita de Una, está errada em tomar tais decisões, temos as casas de shows mais seguras do país, e nunca irá acontecer em nossa cidade um evento lastimável e chocante como ocorreu em Santa Maria no Rio Grande do Sul. Que deixou mais de 237 mortos e mais de 100 feridos. Claro, a boate não tinha a mesma segurança que as nossas aqui tem.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *