PREFEITO QUER APROVAÇÃO DE PROCESSO SELETIVO

Por Luiz Lima

Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)

A Câmara de vereadores da cidade de Una (Sul da Bahia), recebeu na sessão do último dia 20/04, um projeto do executivo pedindo aprovação para a contratação de mais 300 funcionários, através de processo seletivo (concurso público).
Esses novos funcionários teriam contratação de tempo pré-estabelecida, podendo ser renovada por tempo indeterminado.
Com isso, o prefeito e sua família pretendem garantir o emprego dos parentes que já estão contratados e possibilitar a contratação de muitos outros que participariam do processo seletivo, trazendo mais parentes de fora para município unense.
Questiona-se que o tal processo seletivo, possibilitaria a oportunidade para unenses também, tendo em vista que todos teriam a mesma chance, cabendo a oportunidade para os melhores. Contudo, conhecendo bem os interesses e os comportamentos da família Birschner, todos temem pelas tendências da empresa que for contratada para efetuar tal processo seletivo.
O interessante nessa história é que o prefeito acaba se contradizendo com esse novo processo seletivo. Sim, se contradizendo porque, logo no início de seu mandato, caçou o aumento que o funcionalismo tinha recebido e baixou o salário de todos alegando não haver erário disponível para pagar tal aumento, justificativa também utilizada na Justiça para anular o aumento e baixar o salário do servidor público.
Como está acostumado até a enganar a Justiça e ficar por isso mesmo, todos temem uma nova armação nesse novo processo seletivo.
Na verdade, são quase 100 o número de oficiais e auxiliares que estão vivendo a base do salário mínimo, numa ação de penúria e de total abandono por parte do executivo.
É bom ressaltar que os vereadores ainda não votaram no dito projeto, e a sociedade unense promete ficar de olho para vê que edil vai aprovar mais essa insanidade da gestão dos Birschner.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *