DEJAIR BIRSCHNER DESAFIA O JUIZ DA COMARCA

Por: Luiz Lima

Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)

O prefeito da cidade de Una-Ba Dejair Birschner, localizada na região Sul do Estado, desafiou uma determinação da Justiça baiana, muito bem representada pelo Juiz da Comarca da cidade Dr. Ricardo de Medeiros Neto, construindo um ponto de ônibus numa área em questão com a Fazenda Gislane Esmeralda, pertencente a uma família de origem Belga, que, por decisão do Juiz da Comarca local, ficou estabelecido a desocupação da área por ambos, e nenhuma construção sem a prévia autorização e projeto do DERBA (Departamento de Estradas e Rodagens do Estado da Bahia), tendo em vista que, segundo o entendimento do Juiz local, á área que fica as margens de uma rodovia Estadual, está sob controle desse departamento.
Anteriormente, a Fazenda tinha construído um outro ponto de madeira, para abrigar os moradores das localidades que a rodovia dar acesso, tendo em vista que, segundo o proprietário da fazenda, o prefeito tinha mandado derrubar o ponto que sempre existiu na localidade, prejudicando os diversos moradores da região. Só que agora, o prefeito desafiador, mandou derrubar de novo o ponto, e construiu um outro de cimento e nos moldes de inclinação que determinam a utilização da área em questão e que foi julgada pelo Juiz Ricardo de Medeiros Neto, tudo isso nas barbas da Justiça local.
Questionado pelo responsável da Fazenda Gislane Esmeralda, o secretário de Obras do município, irmão do prefeito, disse ao mesmo que não se preocupasse com a justiça, que ele resolvia, numa exclamação de muita confiança, o que deu a entende ao fazendeiro que: ou eles, de alguma maneira, conseguem contornar as coisas com o Juiz (representante da Justiça baiana). Ou estão peitando novamente o Juiz, como fizeram recentemente no caso do reajuste para o funcionalismo público, numa grande luta travada na Justiça contra o Sindicato da categoria.
Um funcionário da Prefeitura que não quis se identificar acabou por confessar ter ouvido da alta cúpula do governo municipal, a necessidade de se construir um trevo na área em questão e que foi recentemente julgada pelo Juiz da Comarca local, quando o mesmo proibiu qualquer tipo de construção na localidade sem a autorização ou projeto do DERBA.
A necessidade de Dejair Birschner em construir rapidamente um trevo no local em questão, acontece em função do mesmo ter utilizado o maquinário público para fazer um aterro de um empreendimento de Posto de Combustível no local, e que segundo testemunhas, tinha recebido R$ 60 mil do empresário para realizar a obra, e que foi amplamente denunciado por esse jornalista na época, movendo inclusive, uma ação de denúncia no Ministério Público da Comarca.
Reconhecido pela sua lisura e competência nas questões e julgamentos realizados até em tão no município, o Juiz da Comarca de Una Dr. Ricardo de Medeiros Neto, ainda não tomou conhecimento da desobediência em questão, e com certeza, tão logo assim aconteça, deverá agir com rigor também nesse caso, pondo um fim nessa novela que vem se arrastando desde o início de governo do atual prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *