UNA: I Motofest Comandatuba promete ser um grande evento que ficará no circuito de eventos da categoria

O I Motofest Comandatuba acontecerá nos dias 13 e 14 de Outubro de 2017, no distrito de Comantaduba, com shows de rock e participação de Motoclubes e motogrupo dos  quatro cantos do país. Classificado pela Associação de Motociclistas da Bahia como um evento de grande porte, conforme critérios utilizados pela AMO BAHIA, tem grande possibilidade de entrar para o calendário oficial do município, visto que já demonstra grande aceitação pela comunidade motociclista.

Aconteceu ontem uma reunião entre os organizadores do evento, representantes da prefeitura municipal de Una, comerciantes do Distrito de Comandatuba, representantes de moradores, representante do Legislativo Municipal e integrantes de Moto Clubes de outras cidades. A reunião também contou com presença do Presidente da AMO BAHIA, que veio conhecer a sede do evento e demonstrar o apoio da entidade ao evento.

A reunião foi para tratar de assuntos referentes a organização inicial do evento, apresentar o projeto e para relatar quais medidas já foram tomadas para a realização do festival. Segundo Carla Tuyuty, membro do Fantasma Estradeiros Motoclube e funcionária pública, o evento já atrai a atenção de milhares de motociclistas do Brasil. Com previsão inicial de 500 motocicletas, a expectativa atual é de 1000 motocicletas com a previsão de 2000 pessoas de fora, com base na procura de informações sobre localização e acomodações oferecidas pelo local onde acontecerá o Comandatuba Motofest. A Comissão Organizadora também informou aos presentes na reunião que o evento já vem sendo divulgado em diversos meios de comunicação e tem conversado com o comércio local para planejar alternativas de atrações turísticas e de lazer no período que antecede o evento, pois trata-se de um fim de semana prolongado, o que facilita a antecipação da vinda do público para o distrito de Comandatuba.

Representando o poder público municipal, os secretários de governo Oberval Berbert e Gusmão Neto, turismo e governo respectivamente, falaram do comprometimento do município em oferecer todo o suporte desde a segurança até a logística e infraestrutura necessária. Gusmão Neto, em nome do Prefeito de Una, comunicou aos presentes as providências que estão sendo adotadas para a melhoria dos 03 km de acesso para o distrito, ainda para este mês e que nenhum empecilho irá impedir o fluxo tranquilo dos participantes do evento.

O evento também oferecerá áreas de camping 0800 com café da manhã e troféus para os MC e MG participantes.
Segundo Carla, membro da comissão organizadora do evento, “Isso irá movimentar demais o comércio local. Para quem não conhece, será uma grande oportunidade ver o que é um evento dessa modalidade e desmistificar a imagem do motociclista. Somos pessoas de paz, pessoas de bem que possuem um hobby e prezam pelo respeito. Nosso lema é a irmandade acima de tudo e o amor pelo universo motociclístico. Iremos, juntamente com a Prefeitura de Una, realizar um grande evento que marcará a história em Comandatuba e do Município. E, com certeza, será a primeira edição de várias que serão realizadas nos próximos anos, cada vez maiores e melhores. Pense aí que poderemos ter até mais de 3000 pessoas no distrito, gerando renda e emprego, durante todo o fim de semana.” Afirmou Carla ao site Atitude em Una.

Os comerciantes locais estão empolgados e, após a reunião, criaram expectativas positivas, pois viram no evento a oportunidade de atrair o público como clientes em potencial para o período de alta estação e, assim, alavancar o Turismo do município e região.

Entendam os Moto Clubes

Um Moto Clube é uma Associação de motociclistas para determinados fins, sejam eles quais forem, podendo inclusive um Moto Clube ser especifico para realizar competições ou possuir interesses comerciais e lucrativos. Já um Moto Grupo é mais simples, desde a sua formação, ideologia e fins, que normalmente são mais voltados apenas para o agrupamento de motociclistas e voltado para o lazer, sem compromissos diretos ou indiretos com a sociedade ou a própria Irmandade.
Toda agremiação antes de se tornar um Moto Clube deveria passar pelo estágio de Moto Grupo. Da mesma forma que um integrante começa como PP e só recebe o Brasão após ser aceito pelos irmãos, um MG só deveria passar a MC após ser aceito pela irmandade.
O Brasão, símbolo ou escudo é a identificação visual que o motociclista escudado porta de seu Moto Clube. Essa identificação é o que lhe diferencia dos demais motociclistas. O Brasão é a “bandeira” ou “as cores” do MC, nele estão representados basicamente o logotipo do Clube ( Normalmente um desenho que diz respeito ao nome ), o Nome, a sigla “MC” ou “MG” ( MC = moto clube; MG = moto grupo e em outros estados pode mudar de sigla, como por exemplo no estado do Paraná é MA = moto amigos ), nome da cidade e estado. Para um motociclista portar nas costas o brasão ou símbolo de um Clube ele tem que provar merecê-lo, é observado por meses, ou até mesmo por anos dependendo do estilo do clube, e tem que provar ser um motociclista responsável e um verdadeiro irmão de seus companheiros, sejam eles do mesmo MC ou não. Portanto frequentar a Irmandade sem portar o brasão ou símbolo do clube a que se pertence é renegar suas cores e renegar o apoio aos demais irmãos. Em Eventos a presença dos MCs é marcada por bandeiras com seus brasões e símbolos, cada um com suas cores e filosofias.


Comentários fechados.