Som alto causa transtorno no Bairro da Urbis

Som alto causa transtorno e vem tirando o sono dos moradores do bairro

\r\n

Som alto causa transtorno no bairro da urbis
Moradores estão perdendo o sono com o som alto – Imagem ilustrativa
\r\n

Som alto causa transtorno e os moradores do Bairro da Urbis têm reclamado constantemente de problemas causados por motoristas que resolvem fazer festas sem comunicar ninguém. O problema é  tão grande, que os moradores do bairro já não sabem a quem recorrer em situações assim. A queixa é total, tendo em vista que os vizinhos estão sendo obrigados a tolerar níveis altos de som em automóveis.

\r\n

Segundo o site Una Newso problema se agrava nos fins de semana. E um morador do bairro, que pediu anonimato, disse ao site, que já não consegue descansar após uma noite de trabalho. “Eu trabalho durante a noite em uma empresa no município daqui de Una, chego pela manhã cansado necessitando de descansar, mas esse direito vem sendo retirado pelo auto volume de carros de som. Ontem mesmo tinha um carro de som ligado, parecendo que era um mini trio pela dimensão do volume. Não sou contra que ouçam suas músicas, mas que respeite a lei do silêncio” desabafou.

\r\n

Os moradores pedem as autoridades do município de Una, pra que possam tomar as devidas providências no que tange o abuso sonoro. Sabemos que o som alto causa transtorno, cabe as autoridades aplicarem a Lei do Silêncio.

\r\n\r\n

A Lei do Silêncio não deve ser aplicada apenas após às 22hs

\r\n

A expressão lei do silêncio faz referência a diversas leis federais, estaduais ou municipais que estabelecem restrições objetivas para a geração de ruídos durante dia e noite. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera que o início do estresse auditivo se dá sob exposições de 55 dB.

\r\n

Poucos sabem, mas som alto e barulho a qualquer hora do dia pode dar multa e cadeia. Está na lei:

\r\n

Art. 42 – Perturbar alguém, o trabalho ou o sossego alheio:

\r\nI – com gritaria ou algazarra;\r\nII – exercendo profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais;\r\nIII – abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos;\r\nIV – provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal de que tem guarda:\r\n\r\nPena – prisão simples, de 15 (quinze) dias a 3 (três) meses, ou multa.\r\nSituações como essas ocorrem em diversos locais da cidade, entretanto, com coisas que fazem parte do cotidiano, cultos religiosos, som de automóveis, dos bares, bailes e serestas espalhados na noite. Isso chega a ser um tormento para algumas pessoas, principalmente aquelas que trabalham durante o dia, e na hora do seu descanso, são obrigadas a ouvir em alto som, musicas que às vezes nem são agradáveis aos ouvidos.\r\nEnquanto isso, os que se divertem pensam que podem abusar da boa vontade e da paciência alheia. Talvez não tenham noção de que é crime perturbar o sossego das pessoas. Não existe legislação que menciona 22 horas para que o incômodo deixe de existir.


Comentários fechados.