PROFESSORES FARÃO PARALIZAÇÃO NO DIA 28/05 PARA REIVINDICAR AUMENTO SALARIAL

Una, Terça-Feira – 27 de Abril de 2010
Por Luiz Lima
Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)
Os Professores da rede municipal de ensino da cidade de Una (Sul da Bahia), farão uma paralisação no próximo dia 28/05/2010, com o objetivo de reivindicar da péssima administração do prefeito Dejair Berschner o aumento salarial anual que lhes é dado por direito de Lei.
Segundo o Sindicato que tem como presidente a Professora Vera Lúcia Santos, o prefeito e sua trupe se negam terminantemente a efetuar o aumento que lhes é de direito alegando que os professores já ganham muito e não merecem ganhar mais.
Na verdade, existe um piso nacional de salarial para a classe, e o salário dos professores não chega nem perto. Mesmo assim, o prefeito se nega a efetuar o aumento. Os professores então, cobram da atual administração a perda salarial de 29,8 % referente aos últimos dez anos de serviço, mas, mesmo assim, o prefeito e sua trupe se negam a entrar num entendimento.
A paralisação será marcada com a realização de uma Assembléia da classe logo as 8:00 da manhã, onde os professores, em comum acordo, resolverão o destino de sua reivindicações e traçarão novos planos para o futuro.

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS ENTRA NA JUSTIÇA PARA CONSEGUIR REAJUSTE SALARIAL DA CLASSE

Por Luiz Lima
Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)
O Sindicato dos Servidores Públicos da cidade de Una (Sul da Bahia), entrou na Justiça baiana para tentar conseguir o reajuste salarial que a classe espera já a doze anos e que prefeito atual se nega a fazer, apesar de querer contratar mais parentes e manter os que já contratou com processo Seletivo, numa grande armação para cima da população unense.
A Classe dos Servidores é a mais sofrida no município, pois amarga um salário de fome e miséria já há doze anos, e durante esse período onde passaram como prefeito o próprio Dejair Birschner considerado por todos como o carrasco do servidor, o prefeito Zé Pretinho que, apesar de ter prometido nada fez, só o vice Davi Cerqueira teve peito para determinar o reajuste que foi em seguida suspenso por Dejair.
Acreditando na Justiça Baiana, o Sindicato entrou com a ação através de seu departamento Jurídico, e acredita que só dessa maneira a classe poderá obter seus devidos reajuste, pois se depender dos governantes, nada terão a não ser promessas.
Na Ação, o Sindicato também pede reparação por danos morais em função das humilhações que os funcionários têm passado por todos esses anos junto ao comércio e fornecedores.

ELEIÇÃO NO BRASIL

Una, 27 de Abril de 2010

POR: Helvécio Serra Rufino

Cadê a reforma política que não sai do papel ou das gavetas dos parlamentares no Congresso Nacional? Só falam em época de eleição pra dá uma maquiada e enganar o povo mais uma vez! Cadê a lei contra o nepotismo que contamina o país há séculos de Norte a Sul de Leste a Oeste? Pelo menos o judiciário já é obrigado a fazer esta limpeza ética! O que não acontece com o executivo que incha as prefeituras com parentes, com exceção da cidade de Água Nova no Rio Grande do Norte, onde a promotora da Comarca de Pau de Ferros, Drª Patrícia Martins moveu uma ação para demissão dos parentes do vice-prefeito e de vereadores, que contrariava o princípio constitucional da impessoalidade na administração pública! (ÉPOCA, dez 2007). E o transporte coletivo que vem da periferia superlotados, parecendo que somos sardinhas imprensadas numa lata! Quem discute o problema? E a moradia, que poderia resolver o problema de esgotamento sanitário e infra-estrutura urbana, melhorar a qualidade de vida dos idosos, crianças e adolescentes ainda gerar empregos! De quem é a responsabilidade? E o desemprego na maioria das cidades? Claro que é de toda sociedade, mas todo poder de decisão é da parte dos políticos que se debruçam no senado a questionar quem tem mais erros, invés de discutir política e projetos regionais.
Mas o que nos interessa é a ação concreta, que devemos cobrar desses parlamentares antes das eleições. Um bom castigo seria a apresentação obrigatória de trabalhos e de propostas feita na campanha eleitoral; prestando contas da sua atuação junto ao parlamento e ao executivo brasileiro, obrigação esta embasada em lei e coordenado pelos poderes constituído, como acontece com as listas de filiados e a própria prestação de contas dos partidos que é obrigado a apresentar semestralmente e anualmente a Justiça Eleitoral. Bastaria essa exigência pra provocar uma nova postura do executivo e legislativo com relação aos temas aqui proposto com ganho para o povo. Projetos seriam votados com mais rapidez nas Câmaras de Vereadores, nas Assembléias Legislativas e no Congresso Nacional, como também a própria execução do Poder Executivo, com ganho para a população que às vezes aguardam os interesses coorporativos e a “boa” vontade dos governantes.
Aí sim, no processo eleitoral o povo teria mais visibilidade para escolher seus representantes, pois a prestação de contas seria antecipada e até os novos que queiram entrar na disputa passaria a ter o mesmo compromisso, pois muitos prestam serviços a comunidade sem um mandato eletivo. O horário eleitoral que não é gatinho provoca náusea e desligação de aparelhos de televisão em série, o que não é bom. A divisão do horário é injusto provocando gagueira em alguns interlocutores, dizendo o meu nome é fu.. lan..o de tal! Por outro lado os que tem um tempo maior fala o que não fez e outros na cara de pau pede voto pra toda família, menosprezando o conhecimento dos eleitores a respeito da obrigação dos Poderes.
O processo eleitoral da forma que está, em vez de servir para informar aos telespectadores eleitores do processo político administrativo em andamento e as ações futuras, a mídia eletrônica provoca inércia aos eleitores e aguça o pensamento e ações perversas dos políticos insanos e desonestos, que dão caronas, acenam com as mãos, compram votos e até abraça pobres.
Portanto, podemos afirmar que o processo pode melhorar a partir da aprovação de uma reforma ampla, incluindo o voto distrital e o financiamento público; com participação obrigatória dos propensos candidatos em audiências públicas regionais de seis em seis meses como já aqui proposto. Assim, ao serem questionados pela população dos seus atos, seja eles qual for daria ao eleitor subsídios para sua decisão. A inércia questionada passaria aos políticos insanos e desonestos e aguçaria o desejo a candidaturas de milhares de mulheres e homens e trabalhadores honestos deste país.
Questionam que os juizes não podem se meter em política, mas observava Aristóteles “é a ciência do bem comum”. Pode-se dizer é a forma de organizar os seres humanos em sociedade. Segundo Benedito Calheiros Bomfim, o magistrado não pode abstrair-se da política, que é de sua função. O que lhe veda é a atividade política partidária. (CONSTITUIÇÃO, atualizada 2007, Artigos pág. 15). Mas o poder legislativo subjugando a sabedoria dos brasileiros, vai protelando a reforma política, deixando sob responsabilidade do Supremo Tribunal Federal, decidir de que forma o mandatário deve ser fiel ao seu partido. Isso demonstra a falta de interesse pela política de cunho profundamente democrático, deixando prevalecer o corporativismo, interesses familiares dando margem a campear os desvios de verbas públicas prevalecendo à corrupção.
Em fim, o Presidente do Diretório Regional do PT da Bahia, falou em reforma política (www.ptbahia.org). Tomara que sua liderança partidária ressoe nos jornais de grande circulação e no parlamento brasileiro para que haja uma verdadeira reforma e nas eleições de 2012 os eleitores possam escolher seus representantes de forma clara e igualitária diminuindo a perversidade que o dinheiro obscuro norteia as eleições em nosso País.
Helvécio Serra Rufino

PESQUISA AQUI NO BLOG APONTA MORTE POLÍTICA PREMATURA DO PREFEITO DEJAIR BIRSCHNER E SEU GRUPO

Por Luiz Lima
Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)
A enquête política realizada aqui pelo BLOG de notícias Atitude em Una, após quase um mês a disposição da população do município unense (Sul da Bahia), e com um fluxo de indicações bastante satisfatório, apresenta resultados bastante interessantes em relação ao novo espelho político municipal, com claras manifestações de repudia e revolta política para tão pouco tempo de governo municipal.
Uma das principais surpresas que a enquête apresenta é a clara e esmagadora rejeição ao nome do atual prefeito Dejair Birschner, que teve uma votação esmagadora na ultima eleição, mas que, em função dos resultados apresentados, demonstra claramente sua morte política no município e o fim da era Birschner na política local.
Muitos acreditam que tal resultado é reflexo da péssima administração de Dejair e seu grupo (família), nua gestão em que a nepotismo é a tônica, além de licitações com superfaturamento e suspeitas de beneficiamento da família. Outro fator marcante nessa gestão de Dejair tem sido a compra de carrões para uso particular da família, como também a falta de obras em todo o município.
Até então, todos esperam as fábricas prometidas, tão faladas na campanha política, esperam também, os melhoramentos dos salários que, ao contrário do que se pregava na campanha, fizeram foi baixar, e até travaram uma guerra judicial para que isso acontecesse.
A saúde passou a ser controlada também pela família Birschner que, na ganância do poder, deram logo de cara um pontapé no gestor do Hospital (aliado de campanha), e assumiram o equipamento com promessas de resolver o problema da Saúde municipal. Mero engano, no Hospital que até trocou de nome, falta medicamentos, material para curativos, médicos especialistas, cirurgiões, a lavanderia não funciona mais, sendo que os lençóis são estendidos em varal, o que é proibido pela fiscalização da saúde no Estado, além de diversas outras irregularidades. Segundo um parecer recente do ex-gestor, analisando as planilhas de pagamento do SUS para o Hospital, existem claras irregularidades que não batem com a realidade do município, a exemplo de internamentos de cardíacos, hipertensos, dengue e outros numa clara ação de fraudar o SUS.
Outro fator marcante na atual administração de Dejair Birscnher são os constantes aluguéis do maquinário público, realizações de obras em propriedades particulares, contratações de maquinários pertencentes a filhos e parentes, além de diversas outras irregularidades que são cometidas debaixo das barbas dos vereadores que, submissos, nada fazem.
Até o momento, a atual administração de Dejair Birschner só conseguiu construir cinco (5) quebra-molas, sem realizar mais nada de importante.
Tudo isso, pode ser o motivo para a tão prematura morte política do prefeito e sua família, com inclusive, tendências de piorar, com o repentino rompimento do prefeito com a sua esposa que controla as ações dos filhos.
A tendência é o aumento do interesse da nova esposa de Dejair pelo poder (a mesma já recebe uma remuneração de R$ 2 mil sem nada fazer). Se isso acontecer, aumentará a pressão em cima do prefeito podendo haver uma divisão maior do poder.

CONTAS DE DEJAIR ESTARÃO A DISPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO NOS PRÓXIMOS DIAS

Por Luiz Lima
Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)
Conforme determinam a Lei de responsabilidade as Contas do exercício de 2009, do prefeito Dejair Birschner da cidade de Una (Sul da Bahia), estará à disposição da população para que possa ser apreciada por todos.
Apesar da capacidade de camuflagem da equipe Birschner, que inclusive é conhecida por todos, segundo alguns especialistas, sempre acaba sobrando umas pontinhas de fagulhas para os investigadores mais experientes. O certo é que a sociedade unense deve se organizar em grupos para investigar essas contas. Dessa maneira, poderão repassar entre si experiências e efetuar uma vistoria com muitos olhos.
De qualquer sorte existem vários especialistas em investigações públicas como o jornalista Luiz Lima que só estava esperando chegar essa oportunidade para efetuar uma verdadeira devassa nas contas do prefeito, com investigações em logo de empresa por empresa,bem como, as relações de suas diretorias que pode ser conseguida junto a Junta Comercial do Estado da Bahia.
Outra ação que pode ser verificada e em relação super faturamento de suprimentos, compra fantasma de suprimentos, licitações fraudulentas e outras.
Nos próximos dias estaremos divulgando uma cartilha produzida pelo Jornalista Luiz Lima para ajudar a aqueles que desejarem efetuar uma investigação nas contas do prefeito.

DIZEM AS MÁS LINGUAS – 2

Escuta-se comentários de algumas áreas da saúde e outros locais da PMU, que na terça-feira algumas pessoas passaram por alguns dos orgãos públicos entregando um papel convite para os CONTRATADOS, para a reunião que aconteceria na mesma noite (ou quarta feira agora não me recordo). Não tinha o tema da reunião, mas a grande e “Pura Coincidência” é que iria em um desses dois dias acontecer a apresentação do deputado do “Ôme”… o Negromonte… as más linguas ainda me disseram que os mesmos tinham que assinar um tipo de termo de compromisso de presença com risco de advertência, punição ou até suspensão do trabalho…
Repito, dizem as más linguas!! Mas que coisa hein gente?? O que é isso mesmo?? É o coronelismo voltando é??? Pra mim esses tempos tinham acabado de vez quando o finado ACM desencarnou…. e agora na nossa cidade tá ativa de novo????
abre o olho gente!! Ôme, Ôme!!

Resultado da pesquisa sobre a construção da biblioteca

Resultado da pesquisa sobre a construção da biblioteca:

Péssima idéia, pois o municipio tem tantos outros problemas que podem ser resolvidos com esse dinheiro; (55%)

Não, nem pensar; (22%)

Ótima idéia, mas ao invés de construir em cima da Biblioteca, por que não construir ao lado no terreno baldio que tem ali? (16%)

Sim, uma boa idéia; (5%)

Mesmo sabendo que aparentemente a Câmara de vereadores tem recurso para isso, pq não faz outra coisa??

Mas veremos o que vai rolar!!!


2000 ACESSOS, MAIS UMA VEZ OBRIGADO!! EM MENOS DE 20 DIAS!

Pessoal exatamente no dia 04/04/2010, o blog chegou aos 1000 acessos, hoje foram os 2000, ou seja são pessoas que estão acreditando no meu trabalho e de um dos principais contribuidores do Blog, o grande Jornalista Luiz Lima, peça fundamental da equipe desse Blog e um amigo.
Nosso trabalho de cobrança irá continuar, nosso lado informativo também, queremos fazer um blog para o povo sempre está informado dos acontecimentos da nossa cidade e região as vezes. É certo que não temos ainda como está sempre a par de tudo, mas o pouco que sabemos e temos tempo para divulgar estará sendo divulgado.
Não podia deixar de agradecer também ao amigo Tiago Pascoal, jovem líder de nossa cidade e Presidente do PC do B de Una, sua participação também nos fortalece aqui mestre. Obrigado.
Muito obrigado a todos que sempre passam por aqui para se informar, muito obrigado mesmo.
Qualquer coisa podem enviar mensagens para o email: [email protected]
Quer publicar alguma coisa? envie para o email  [email protected] ou até do Jornalista Luiz Lima [email protected].
Meu nome é Di Rusciolelli! Meu muito obrigado!

PREFEITO QUER APROVAÇÃO DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAR MAIS PARENTES COM ERÁRIO PÚBLICO

Por Luiz Lima


Endereço Eletrônico: [email protected]


Contato: (073) 9956-2813


(tem notícia – faça contato)

A Câmara de vereadores da cidade de Una (Sul da Bahia), recebeu na sessão do último dia 20/04, um projeto do executivo pedindo aprovação para a contratação de mais 300 funcionários, através de processo seletivo (concurso público).
Esses novos funcionários teriam contratação de tempo pré-estabelecida, podendo ser renovada por tempo indeterminado.
Com isso, o prefeito e sua família pretendem garantir o emprego dos parentes que já estão contratados e possibilitar a contratação de muitos outros que participariam do processo seletivo, trazendo mais parentes de fora para município unense.
Questiona-se que o tal processo seletivo, possibilitaria a oportunidade para unenses também, tendo em vista que todos teriam a mesma chance, cabendo a oportunidade para os melhores. Contudo, conhecendo bem os interesses e os comportamentos da família Birschner, todos temem pelas tendências da empresa que for contratada para efetuar tal processo seletivo.
O interessante nessa história é que o prefeito acaba se contradizendo com esse novo processo seletivo. Sim, se contradizendo porque, logo no início de seu mandato, caçou o aumento que o funcionalismo tinha recebido e baixou o salário de todos alegando não haver erário disponível para pagar tal aumento, justificativa também utilizada na Justiça para anular o aumento e baixar o salário do servidor público.
Como está acostumado até a enganar a Justiça e ficar por isso mesmo, todos temem uma nova armação nesse novo processo seletivo.
Na verdade, são quase 100 o número de oficiais e auxiliares que estão vivendo a base do salário mínimo, numa ação de penúria e de total abandono por parte do executivo.
É bom ressaltar que os vereadores ainda não votaram no dito projeto, e a sociedade unense promete ficar de olho para vê que edil vai aprovar mais essa insanidade da gestão dos Birschner.

PF DESTROÍ 10 MIL PÉS DE MACONHA NA REGIÃO

Por Luiz Lima
Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)
A Polícia Federal reailzou desde o dia 12 de abril, em fazendas de Maraú, Itacaré, Camamu, Ilhéus, Uruçuca, Canavieiras e Ipiaú, uma mega operação comandada pelo delegado Fábio Marques para localizar e destruir plantações de maconha na região.
Os federais usaram helicópteros, um caminhão tanque e outros veículos na Operação Liamba II. Eles cumprem mandados de busca e apreensão em fazendas abandonadas depois que os pés de cacau foram destruídos pela praga da vassoura-de-bruxa.
Segundo a Polícia Federal, as propriedades viraram áreas preferidas dos traficantes para plantar drogas que abastecem o comércio do sul da Bahia. Em quatro dias de operação, foram queimados cerca de 10 mil pés de maconha (quase três toneladas) em sete municípios.
Até sexta-feira, 16, a polícia não havia identificado os donos das plantações de maconha, queimadas na medida em que foram encontradas. Para o delegado Fábio Marques, os traficantes poderiam faturar até R$ 1,5 milhão com a maconha destruída.
A Operação Liamba II conta com a participação de mais de 50 policias, entre federais, agentes das Ações Especiais da Região Cacaueira (Caerc) e Corpo de Bombeiros.
O delegado informou que as ações de combate ao tráfico vão prosseguir em toda a região e a população pode contribuir fazendo denúncias anônimas pelo telefone (73) 3234-2300. “Todas as informações serão devidamente investigadas”.
A primeira fase foi encerrada na manhã de quinta-feira, 15, quando uma base móvel foi montada na Avenida Soares Lopes. A Operação Liamba I foi realizada em fevereiro nas cidades de Salgueiro e Juazeiro, além do estado de Pernambuco.
Mais tráfico
Já na BR-101, entre Itabuna e Buerarema, na quinta-feira um funcionário federal, com quase 30 anos de serviço, nenhuma passagem pela polícia, foi flagrado com maconha. Os policiais abordaram Belaides Francisco de Assis, 49 anos, após uma denúncia anônima.
Ele alegou ser apenas usuário e contou que comprou a droga na Rua da Bananeira, em Itabuna, nas mãos de Antônio Alves de Souza, de 63 anos. Os policiais fizeram buscas no bar de Antônio e encontraram 68 pedras de crack.
O homem foi preso em flagrante e levado para o Conjunto Penal de Itabuna. Ele já tinha passagem pela polícia. Belaides Francisco foi considerado usuário e liberado.
Já na manhã de quarta-feira, foi preso no centro de Buerarema, o investigador da Polícia Civil Heider Moreira da Cruz, de 39 anos. Ele vinha sendo investigado há cerca de um ano e foi detido por determinação do juiz da Comarca de Barro Preto, Eros Cavalcanti.
Heider foi flagrado em escutas telefônicas negociando com traficantes. O policial mora em Buerarema e trabalhava em Barro Preto, lotado na 6ª Coordenadoria da Polícia Civil em Itabuna. Antes a polícia já havia prendido 14 pessoas de Itabuna, Marau e Barro Preto.