MANDATO DE NILTON NOGUEIRA ESTÁ POR UM FIO

Una, 21 de Maio de 2010

Por Luiz Lima

Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)

Não é mais novidade para ninguém a forte parceria do Vereador Nilton Nogueira (PL) com o prefeito Dejair Bircshner. Todos sabem que a fazenda de Nilton Nogueira virou quintal da Casa do prefeito em festas e evento. Além do mais, a própria Prefeitura, em seu Informativo desse mês, divulgou foto do vereador sentado ao lado do prefeito num evento da Prefeitura onde, de vereador só se tinha Nogueira. Um dos objetivos de Dejair para o qual Nogueira foi incumbido é reprovar as contas de Zé Pretinho. Em troca, Dejair prometeu fazer de Nogueira o próximo presidente da Câmara, assim como prometeu à Tanda, à Maria, à Tia Nara e outros.
Até ai, tudo bem! Cada um amarra seu jegue no toco que lhe convêm. Contudo, existe um atenuante que Nogueira não contava. O grupo de Zé Pretinho que nada têm de besta, tratou de fazer a aproximação de Zé com Paulo Souto, candidato a governador do Estado da Bahia exatamente pelo partido de Nilton Nogueira. O PL já fez parte da coligação ao lado do PP (partido do prefeito) que hoje está coligado com o PT de Jaques Vagner (partido contrário do PL).
O resultado disso se for verídico, é que Nogueira não pode ir mais de encontro com os interesses partidários sob pena de exclusão e perda do mandado. Ele vai ter que aprovar sim as contas de Zé Pretinho, e ainda vai ter que subir no mesmo palanque do ex-prefeito. Isso é que é uma jogada política de mestre. Vai aprendendo aí Nogueira.

PARTICIPAÇÃO DO LEITOR

A DIREÇÃO DA FORÇA SINDICAL DIVULGOU HOJE (20/05/10) A SEGUINTE NOTA:
A confirmação, ontem, do Senado, do reajuste de 7,71% para os aposentados que ganham valores acima de um salário mínimo, ratificando a decisão da Câmara, é uma clara demonstração de que a sociedade brasileira quer e aprova este aumento para todos aqueles trabalhadores que dedicaram uma grande parcela de suas vidas na construção deste País.
A Força Sindical irá se reunir com as demais centrais nos próximos dias e pedir uma audiência com o presidente Lula, visando sensibilizá-lo a aprovar este reajuste, que é oriundo da Emenda Parlamentar do deputado federal e presidente da Força Sindical Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, que aumenta as aposentadorias de acordo com o resultado da soma de 80% do PIB mais a inflação, resultando em 7,71%.
Destacamos que esta medida irá beneficiar 8,35 milhões de aposentados, e injetará, em 2010, 6,7 bilhões na economia brasileira. A Emenda do deputado Paulinho significa um aumento real de 4,12%.
A direção da Força ressalta, ainda, que continuará lutando pela recomposição do poder de compra dos aposentados e pensionistas.
DIREÇÃO NACIONAL DA FORÇA SINDICAL
SINDICATO SINFESPU FILIADO(Adm. “Renovar Unidos”)

PARTICIPAÇÃO DO LEITOR

PRIMEIRO GOSTARIA DE AGRADECER AOS LEITORES QUE SEMPRE ESTÃO AQUI NOS ACOMPANHANDO E MANDANDO SUAS IDÉIAS, QUEIXAS, E SUGESTÕES.. FICO MUITO GRATO MESMO.
NESSE CASO AGORA EM ESPECIAL, AO SEMPRE PRESENTE, PREVÉ. OBRIGADO MESTRE PELA SUGESTÃO DE POSTAGEM ABAIXO. MUITO BOA LEIAM!!!
O TEXTO ABAIXO É DO SENHOR:    Erê – Presidente do Diretório do PPS -Itajuipe
O que deveria ser simples exercício da ética, moral, decoro e probidade administrativa para bem conduzir o público, precisou criar-se uma lei para obrigar os gestores dilapidadores do erário publico a frear seus impulsos de irresponsabilidade. No dia 04 de maio, a Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei complementar nº 101),completou dez anos, é possível ver que vem funcionado e se aperfeiçoando a cada dia. Seus artigos, parágrafos e incisos são como teias para pegar os gestores malversadores do dinheiro público com a mão na botija. É sabido que precisa muito ser melhorada.

É importante destacar: a lei no seu artigo 48, obriga os gestores dá ampla divulgação, inclusive em meios eletrônicos de acesso público – os planos, orçamentos; as prestações de contas e respectivos parecer prévio em relatórios, tudo muito bem detalhado para entendimento popular. A LRF assegura a qualquer cidadão acesso a gastos fiscal, para consulta e aprovação pelos cidadãos, instituições da sociedade e ainda permite como determina o artigo 67, acompanhamento e avaliação permanente da política e da operacionalidade da gestão fiscal através dos conselhos que tem que ser formados com independência e transparência. Como forma de punibilidade o Decreto 2.848 de 7 de setembro de 1940(Código Penal), lei número 1.079 de 10/04/1950, e Decreto de Lei 201 de 27/02/1967, tiveram modificações.

O artigo 339 do Decreto 2.848 passou a vigorar com a seguinte redação: “Dar causa a instalação de investigação policial, processo judicial, instauração de investigação administrativa, inquérito civil ou ação de improbidade administrativa contra alguém (gestor público), imputando crime”. Se a LRF ainda não é a solução, pelo menos, assegura aos cidadãos contribuintes tomar conhecimento, fiscalizar e divulgar os atos da gestão pública. Espera-se ainda um dia, onde os gestores do dinheiro público não precisem ser obrigados por uma lei ter responsabilidade. Mas para isso acontecer os parlamentares, escolhidos pelo povo, o Ministério Público tem que acordar; o Judiciário ser mais célere sendo intolerante com a impunidade.
 Enquanto isso, bem aceita são as palavras de Clarice Lispector (1920-1977), “… que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de luta e trabalho”. Sintetizando, a responsabilidade também é nossa, não podemos ficar parados com a boca cheia de dentes esperando os poderes acordarem.


Resultado da Primeira enquete para Prefeito

Una, 14 de maio de 2010

Foram 129 votos, e o resultado da nossa primeira eleição é esse abaixo:

Se a eleição municipal de 2012 fosse hoje em quem você votaria?

Nildo Som 36 (27%)
Di Rusciolelli – 23 (17%)
Beto Careca 22 (17%)
Zé Pretinho 18 (13%)
Dejair 11 (8%)
Professor Jorge 6 (4%)
Nilton Nogueira 6 (4%)
Davi Cerqueira 4 (3%)
Diane Rusciolelli 1 (0%)
Professora Jane 2 (1%)
Tia Nara 0 (0%)

isso pode se refletir em um sentimento de mudança, pois a mesmice já está chateando a todos.


PREFEITO DE UNA CONTINUA USANDO A MÁQUINA DO GOVERNO PARA AUTOPROMOÇÃO POLÍTICA

Quinta-feira – Una, 13 de Maio de 2010
Por Luiz Lima
Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)
O prefeito da cidade de Una (Sul da Bahia) continua utilizando-se do erário público para efetuar autopromoção pessoal com propaganda.
Encontra-se instalada na cidade duas faixas com o nome do prefeito parabenizando a classe trabalhista dos enfermeiros, confeccionada pela Assessoria da Prefeitura (com erário público). O fato feriu a Lei de Improbidade Administrativa que proibi qualquer tipo de propaganda patrocinada pelo erário público, seja no valor que for.
As faixas foram confeccionada por um funcionário da Prefeitura, e colocadas por outros funcionários. O objetivo dessa propaganda é claramente tentar levantar a imagem do gestor junto à população que se encontra totalmente desgastada. Contudo, a inexperiência da atual assessoria do prefeito, não se deu conta mais uma vez, do erro cometido que feri a Lei e até leva a cassação de mandato.
O prefeito Dejair Birschner já foi condenado no início do mandato por realizar propaganda pessoal no Informativo Municipal, numa denúncia realizada junto ao Ministério Público pelo jornalista Luiz Lima, o que agrava a situação do prefeito que deixa de ser réu primário no Crime cometido.
Outro fato de Improbidade Administrativa por auto se promover com o erário público, é a matéria divulgada no Informativo Municipal datado de maio-2010, onde a matéria fala que o asfaltamento da Rodovia Una/Colônia de Una, só saiu por causa da forte parceria do prefeito Dejair Birshner com o governador Jacques Vagner (no caso deveria ser do governo do estado com o município), tendo em vista que, o tal Informativo também é produzido com erário público. Na matéria vem estampada a foto claramente montada de Dejair Birschner (prefeito de Una), ao lado do governador do Estado numa mera ação de autopromoção pessoal do prefeito.
Segundo informações, já estão preparando denúncia que deverá ser apresentada ao Ministério Público nos próximos dias, provocando essa séria e importante instituição jurídica.

AGERBA E ROTA QUEREM ACABAR COM AS CARONAS NO TRANSPORTE ESCOLAR DE UNA

Quinta-feira – Una, 13 de Maio de 2010
Por Luiz Lima
Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)
A AGERBA e a empresa de transporte ROTA estão querendo acabar com as caronas por parte da população da zona rural, nos carros do transporte escolar da cidade de Una (Sul da Bahia).
Segundo informações, a AGERBA multou a empresa de Transporte Comandatuba (empresa que realiza o transporte escolar no município), em R$ 6.500, por estar transportando passageiros estranhos ao ambiente estudantil.
A questão maior se relaciona na Rodovia Estadual que liga Una a Arataca, que a empresa ROTA é detentora de linha, e que vem reclamando que o transporte escolar tem tirado passageiros do ônibus da linha.
Já a população usuária, se queixa do péssimo serviço oferecido pela empresa ROTA, que inclusive, não consegue manter horários constantes durante o dia, chegando, em certos casos, a manter só um horário durante toda a semana, o que prejudica em muito a questão da locomoção da população rural para sede.
Neste caso, o problema passa a ser da Prefeitura Municipal de Una. Procuramos o secretário de Educação do município Antonio Raimundo Santana (Toinho), responsável pelo transporte escolar, na tentativa de sabermos que medida a Prefeitura vem tomando para remediar a situação, já que a população não pode ficar penalizada, e foi informado o seguinte:
– “Estamos tomando todas as medidas necessárias para que a população não fique prejudicada com a falta de transporte. Várias reuniões estão sendo feitas com a AGERBA no sentido de achar uma solução para o problema, e se for necessário, a administração entrará na Justiça comum em defesa dos interesses da sociedade prejudicada. Não vamos nos conformar com a falta de atendimento da população da zona rural, finalizou o secretário prometendo deixar essa reportagem informada dos resultados.
Para ajudar a população da zona rural prejudicada, aqui vai uma dica do jornalista Luiz Lima e do BLOG Atitude em Una.
Abram uma licitação de linha municipal nas regiões afetadas, com valor de passagem e horários controlados pela Prefeitura, utilizando-se veículos de médio porte, e com preferência para empresários da cidade. Cobra-se uma passagem justificável e de baixo custo, e o município passa a ter o controle das linhas que envolvem as micro-regiões rurais.

POLÍCIA ESPECIALIZADA VAI A UNA E APREENDE VÁRIAS MOTOCICLETAS

Quinta-feira – Una, 13 de Maio de 2010

Por Luiz Lima
Endereço Eletrônico: [email protected]
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)

A Corporação da Polícia Militar do Estado da Bahia TOR – esteve na cidade de Una (Sul do Estado), no último dia 12 de maio realizando uma grande blits em cima das motocicletas que circulam no município, efetuando diversas apreensões, cujos veículos foram levados para a cidade de Ilhéus.
O fato causou grande reboliço no município, reconhecido como um grande pólo de utilização de motocicletas como meio de transporte. Principalmente porque, os motociclistas foram pegos de surpresa na ação.
Segundo informações, na cidade, não se tem o hábito da utilização de capacetes, obrigatório na condução desses veículos, e segundo informações do oficial da corporação, a blits, além de ser rotineira, foi agravada com denúncias de que vários veículos circulam no município com documentação irregular.
A população usuária desse tipo de veículo reclama do fato das motos serem levadas para a vizinha cidade de Ilhéus, e não ficarem guardadas no município. Outra reclamação da população é quanto os apadrinhamentos, resguardando as motos utilizadas por pessoas ligadas ao prefeito da cidade.
Agora, aqueles que quiserem resgatar seus veículos, devem procurar o DETRAN de Ilhéus, e regularizar a situação dos veículos, além de pagarem guincho e estacionamento.

PREFEITO DEJAIR BIRSCHNER CONTINUA FAZENDO DESCASO E NÃO RESOLVE OS SALÁRIOS DOS OFICIAIS E AUXILIARES ADMINISTRATIVOS

Una, 11 de Maio de 2010
Com mais uma ação do Sindicato Sinfespu da cidade de Una(Sul da Bahia), através do Presidente José C. Ferreira (Zé Lingüiça), em prol dos salários de apenas duas categorias que o Sr. Prefeito Dejair Birschner olvidou propositadamente e prejudica cerca de 76(setenta e seis) servidores, sobre o argumento de que “não houve consenso durante as negociações. Sofrimento que já se arrasta pelo quinto mês e sem haver iniciativa da administração entre o mês de janeiro, fevereiro, março e abril, o sindicato cansado de esperar foi obrigado ajuizar na justiça no dia 30 de Março/2010 para tentar conseguir o reajuste salarial que a classe espera já há doze anos e que o prefeito se nega e ainda faz pouco caso da situação e humilhação para com os servidores. A classe dos servidores é a mais sofrida no município, pois amarga um salário de fome e miséria já há 16 anos, durante esse período passaram o próprio prefeito Dejair por oito anos considerado por todos como perseguidor e cruel do servidor, o prefeito Zé Pretinho por dois anos e só o seu vice David Cerqueira teve atitude brilhosa de amenizar o sofrimento de todos e determinou o reajuste que o prefeito Dejair e toda sua equipe fizeram questão de denunciar por conta de alguns dias aprovado no período eleitoral, e é bom lembrar que os mesmos salários os servidores já vinham recebendo a nove meses, e se não denunciasse nada disso estaria acontecendo, como não aconteceu com os salários dos professores que também foi aprovado na mesma data.
Acreditando no Poder Judiciário da Bahia, o sindicato através do seu departamento jurídico, acredita que só dessa maneira a classe poderá obter seus devidos reajustes, pois se depender da administração, nada vai acontecer a não ser promessa, e só promessa como vem acontecendo. Interesse de resolver os salários dos servidores eles não tem, mas estão se apressando para realizar um concurso de processo seletivo, vejam que não tem dinheiro para pagar os salários, mas tem dinheiro em ano eleitoral enviar projeto para a Câmara de Vereadores, sendo que o mesmo reduziu os salários dos servidores alegando que tinha sido aprovado no período eleitoral, não está evidente que é um concurso seletivo para interesses políticos? Na Ação Ordinária de Obrigação de Fazer com Pedido de Indenização por Danos Materiais, o Sindicato também pede reparação por danos morais em função das humilhações que os servidores têm passado por todos esses anos junto ao comércio e fornecedores, submetendo os servidores a uma situação periclitante quanto ao poder de compra por está muito aquém do que era no inicio da carreira no serviço público, razão pela qual as necessidades básicas para uma vida digna muitas vezes não são atendidas. O Presidente Zé Lingüiça finaliza dizendo que o valor acumulado é de 133,79%, e o Poder Executivo Municipal tem se omitido em face do seu dever constitucional de revisar um direito garantido de todos os servidores anualmente aos vencimentos, nem que seja para apenas repor as perdas de valor provocado pela inflação, mas que apesar das dificuldades, eu como Presidente estou cumprindo com minhas obrigações de lutar, defender e buscar os direitos da categoria. E quero dizer que apesar da administração violar o art. 8º da Constituição Federal, vez que uma vez chamando pra negociar com a categoria sem a participação do sindicato, eles estão violando o princípio da liberdade sindical, mas é uma situação que através do jurídico do sindicato o Dr. Diomedes Carvalho e toda diretoria está de olho e vem monitorando as intenções para que os servidores não sejam prejudicados.

O SINFESPU ENVIA AO CONSELHO FISCAL AS CONTAS PARA SEREM ANALISADAS

Una, 11 de Maio de 2010
Obedecendo ao que determina o Estatuto Social do Sindicato SINFESPU, a diretoria presta um grande serviço tendo encaminhado nesta (quinta-feira) 06 de Maio de 2010 as contas de sua administração “Renovar Unidos” referente aos meses de Janeiro à Dezembro/2009 para ser analisada e aprovada pelos membros do conselho, uma atitude de transparência com a coisa pública de sua gestão, que refere responsabilidade e respeito para com os seus associados(as), contendo nos demonstrativos das referidas contas, as notas fiscais, recibos, cópia de emissão de cheques e extrato de conta corrente.
O Sr. Osvanildo de S. Paixão (Prevé), na qualidade de Vice-Presidente, acredita que a forma como está se administrando e zelando pelas finanças da entidade, deverá ser seguida pelos futuros diretores nos próximos mandatos, assim como exemplo para outras entidades do mesmo gênero.

GUERRA PELO PODER

Una, segunda-feira 10 de maio de 2010
SECRETÁRIA DE SAÚDE DE UNA/BA PROIBIU O ATENDIMENTO PREFERENCIADO DA FIHA E EX-COMPANHEIRA DO PREFEITO NO HOSPITAL DA CIDADE
Por Luiz Lima
Contato: (073) 9956-2813
(tem notícia – faça contato)
Família Birschner trava uma verdadeira guerra contra a ex-companheira do pai e prefeito da cidade Dejair Birschner.
Até ai tudo bem, nada a comentar. Só que as armas usadas para travar essa guerra passaram a ser do interesse público, tendo em vista que estão usando a saúde e o hospital municipal para atingir a moça e sua filha.
Dias atrás a ex-companheira do hospital, precisou, como todo cidadão unense, dos serviços médicos do hospital e logo em seguida a filha da moça que tem como pai o prefeito da cidade, também precisou ser internada, onde, receberam toda a atenção que é disponibilizada a qualquer paciente da cidade, por parte dos médicos daquela instituição de saúde.
Só que dias depois, ficamos sabendo que alguns funcionários e até mesmo médicos, foram advertidos até por escrito, pela atual Secretária de Saúde Gleiciane Birschner, que também é filha do prefeito. Proibindo qualquer tipo de tratamento diferenciado para as pessoas citadas, agindo como se o hospital pertencesse a família, ou a ela.
A população retruca
“Ao que consta senhora Secretária, o Hospital pertence à sociedade unense e não a senhora. Efetuar um atendimento especial à companheira e filha do prefeito, bem como a qualquer pessoa que requeira esse serviço, não é nada de mais. Se tratando de um prefeito (Gestor Municipal), Dejair, sua ex-companheira e filha mereciam mais respeito, principalmente porque, em caso de doença, não se olha a quem. Ou será que a figura dele é apenas decorativa, e quem governa na verdade é a família conforme divulgamos dias atrás nesse BLOG ?