Tapetes e celebração do Corpus Christi em Una

Fotos: Fabrício  Kuribayashi

 

 


UNA: VEM AÍ, GRANDE FESTA NO POSTO CACHOEIRINHA

IMG_20141018_120033690

O posto Cachoeirinha estará realizando uma grande festa no dia 28 de maio, a partir das 19h. Com presença ao vivo do cantor Ariedson “O príncipe do arrocha” e “Carrocinha do Nego Sandro”.



Prefeita de Una diz que “Alunos não vão chegar a lugar nenhum”

di

Em um vídeo gravado com autorização da prefeita Diane Brito (PT), a mesma disse para mães de alunos da rede pública municipal de Una que os filhos delas não irão chegar a lugar nenhum. Ela ainda desdenha dos professores, que segundo ela, são os únicos culpados pelo baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). 

O vídeo foi postado pelo jornalista Di Rusciolelli em seu facebook, e até o fechamento dessa matéria já rendeu mais de 1,9 mil visualizações, mais de 60 compartilhamentos e muitos comentários. As pessoas da cidade estão revoltadas com essa fala da prefeita. Vários alunos da rede pública municipal da cidade, que já passaram pelas mãos de muitos dos professores que foram desrespeitados por ela, hoje estão fazendo carreira e sucesso, tanto na cidade, quanto fora dela, em outros estados e até na mesma Bahia. Inclusive, cabe salientar, que muitos funcionários da atual gestão da prefeita vieram da escola pública de Una. Inclusive, ela mesma, a prefeita, foi aluna da rede pública municipal de Una

Vejam abaixo alguns comentários que alunos, ex-alunos e professores fizeram na postagem, e mais abaixo, vejam o vídeo na íntegra.

Vídeo:

 

 


Carro cai em ponte e populares terminam de tirar tábuas

Fotos Di Rusciolelli

Na sessão de ontem, 24, o vereador Tanda (PHS) que fez parte da comissão de vereadores que estão percorrendo o município, disse que na semana passada, um carro caiu e depois disso, alguns populares, com raiva do descaso, retiraram as tábuas que sobraram da ponte podre e agora nenhum carro ou moto passam mais.

Nosso site esteve lá com o vereador Tanda e o vereador Ailton Nunes (SD), conferimos de perto e ainda o vereador Tanda nos disse que ele estava há meses cobrando o concerto dessa ponte, porém, o vereador Bico Fino (PSD), disse para a prefeita Diane Brito (PT), que a ponte estava em perfeito estado de conservação.

Cabe salientar o mais preocupante de tudo, é que essa mesma ponte, servia de acesso para o distrito da Vila Brasil, para quem vai e vem da região do Ipiranga, e o mais preocupante ainda, é que os ônibus e carros com alunos passavam por ali dia e noite.

Desse jeito, realmente, como disse a prefeita Diane:”Os alunos não vão chegar a lugar nenhum.”  Aguardem esse vídeo dela.

Vejam as fotos em galeria abaixo e analisem se essa ponte, estava em perfeitas condições:

Nosso site já tinha cobrado sobre essa ponte em 2013, revejam clicando aqui.

 


Em sessão com protestos, pai desabafa na câmara de vereadores de Una

IMG-20160524-WA0067

Durante a sessão de ontem, 24, muito movimento e até protesto silencioso com cartazes na câmara de vereadores.

Um grupo de pais, representando a recente criada Associação de Pais e Mães de Una, levou cartazes para protestar contra a falta de aula para seus filhos. Segundo eles, não querem levantar partido e bandeira alguma, somente querem que seus filhos voltem a estudar. Um dos pais foi escolhido para falar na sessão.  O senhor Jan Enisson falou por mais de 10 minutos e discorreu sobre todo o problema que envolve a atual sitiada da educação de Una, abaixo o vídeo  com a fala  de Jan.

Também durante a sessão,  foram exibidos fotos e vídeos que a comissão de vereadores, junto com o site Atitude em Una, fizeram durante visitas por distritos da cidade.

O professor e vereador Jorge (PP), explanou os motivos da greve para os demais e expôs os últimos balancetes das receitas do município para todos. Segundo o vereador, com dados retirados do site do TCM, o município já disponhe  de mais de R$ 2 milhões de reais em contas poupança.

Escutem abaixo o áudio do vereador e mais abaixo ainda, o vídeo do senhor Jan :

Áudio


Vídeo

Fotos:

Assim como os estudantes universitários  fizeram ano passado, pais e mães foram protestar com cartazes ontem na sessão


Descaso na Vila Brasil – Escola de R$ 1 Milhão está condenada

Uma comissão de vereadores, a pedido do presidente da câmara, Aílton Nunes (SD), começou a rodar o município de Una para ver os descasos com o dinheiro do contribuinte e os desmandos que a cidade se encontra. O site Atitude em Una, através do jornalista Di Rusciolelli, foi convidado para conferir de perto os descasos, filmar tudo e fotografar. Os primeiros vídeos e fotos em slides foram exibidos na sessão de hoje, 24, na sessão da câmara de vereadores.

DSCF5590
Galpão que foi doado, mas consta na planilha de pagamento como pago por aluguel

As obras da nova escola estão abandonadas há mais de um ano. Ao todo, a escola custaria R$ 1.067.898,00 (um milhão, sessenta e sete mil reais e oitocentos e noventa e oito reais), os valores estão na placa que está caída (e custou R$1.600,00), e estão em uma planilha de custos que a empresa construtora da obra, encaminhou para o Ministério Público, e nosso site teve acesso exclusivo. Os valores são tão altos que até um galpão de madeira abandonado, foi utilizado e inserido na planilha, no valor de mais de R$4 mil reais, e segundo o vereador Tanda (PHS), esse espaço não foi pago, e sim doado para a obra. Ou seja, não teve custo, porém, na planilha de pagamento, consta que foi pago.

Nas fotos e vídeos, fica evidente que a obra é mal feita e segundo o vereador Aílton, que também é mestre de obras, uma obra como essa não pode ser inaugurada, não há segurança para as crianças que irão ficar ali estudando. “Se um engenheiro assinar essa obra e dizer que ela pode ser inaugurada, ele deve ter seu diploma cassado”, afirmou o vereador. Já o vereador Tanda, disse que no passado, quando ele foi contra a construção da escola naquele espaço, ele foi mal interpretado. Segundo ele, não era contra a construção da escola, e sim que ela não fosse ali, pois ali, a comunidade gostaria que fosse feito uma praça. “Já tem uma escola, bastava reformar ou construir essa em outro lugar. O que ela vai fazer com dois prédios públicos se nem aluno mais tem na escola da Vila Brasil?” perguntou o vereador.

As obras estão abandonadas e não há previsão para o retorno. Material sendo perdido e o dinheiro público indo para o ralo.

 

Galeria

Vídeo 1


:

Vídeo 2


:

 

 


Alunos da rede municipal de ensino ocupam prefeitura de Una

DSCF5896

Hoje pela manhã, por volta das 09:00 da manhã, alunos, pais, mães e professores da rede municipal de ensino realizaram uma caminhada até a porta da prefeitura. Ao chegar lá, eles ficaram na porta, e  poucos minutos depois, os alunos “invadiram” a prefeitura. Subiram as escadas do prédio e ficaram batendo panela , gritando, apitando. Após essa primeira manifestação, os alunos sentaram no saguão de cima da prefeitura e estão até o fechamento dessa postagem, sentados e batendo panelas dentro do prédio. Os alunos também foram para o prédio da secretaria de educação, dois policiais militares foram até o local e retiraram os estudantes de lá, e com vaias e apitaços, os alunos saíram.

Vale salientar que as escolas municipais estão sem aula desde que a categoria de professores começou a greve, há mais de 35 dias atrás, os professores tentam negociar com a prefeita Diane Brito (PT), porém a mesma não atende as reivindicações. Em contato com o professor Jorge, o presidente do núcleo da APLB, ele nos disse que a categoria já abdicou de muitos direitos, inclusive de receberem retroativo de 10 meses, e irão entrar na justiça para receber esse dinheiro, porém, eles não abrem mão do piso salarial para todos os níveis, aprovado e sancionado pela presidente afastada, Dilma Roussef no final do ano passado.

Em contato com duas mães, a senhora Marijane e a senhora Suzana, elas nos disseram que o intuito é chamar atenção para o problema gravíssimo que os seus filhos estão sofrendo. Pois a falta de negociar, por parte da prefeita, faz com que seus filhos estejam perdendo aulas. Suzana, bastante revoltada disse que: ”Não é a filha da prefeita que está perdendo aulas. Afinal, ela nem aqui mora e estuda em escola particular. Pra Diane, tanto fez, como tanto faz, se nossos filhos estão sem aula.”

Fotos em galeria

Vídeo:

Momentos de tensão

Um funcionário contratado, o pastor Val, que recebe R$ 1800,00 reais por mês da prefeitura, para fazer propaganda em carro de som do órgão, destava descendo a escada da prefeitura no momento em que os alunos subiam a escada, e chamou as crianças de “Bandidos”. Vejam no vídeo abaixo, o momento em que ele vira para o jornalista Di Rusciolelli e diz: “Não parecem estudantes, parecem bandidos.” Uma das mães viu e começou a dizer coisas para o pastor, que saiu em silêncio.


A escritora unense Cláudia Santos é homenageada pela Câmara de Vereadores de Curitiba

FB_IMG_1463970124415

A escritora unense, Cláudia Santos, estave entre as figuras literárias homenageadas pela câmara de vereadores de Curitiba.  Em uma cerimônia comemorativa pelos 35 anos da Feira do poeta (Fundação Cultural de Curitiba) foram entregues pelo vereador Jorge Bernardi certificados de congratulações a escritores, poetas, editores e ex- coordenadores do projeto.

Cláudia Santos é natural de Una – Bahia, cidade litorânea e paradisíaca. Lançou seu primeiro livro aos 18 anos e participou da FLICA (Festa literária Internacional de Cachoeira), teve seu livro como objeto de estudo em escolas municipais e compareceu a diversos veículos de comunicação para discorrer sobre seu trabalho além de receber pela Câmara de vereadores de Ilhéus uma moção de congratulações onde foi reconhecida como jovem talento da região sul baiana. Teve um de seus poemas publicado na revista literária Omnia produzida pelo escritor e Jornalista cultural Roberto Leal na cidade de Salvador. Ao mudar-se para Curitiba filiou-se a editora Multifoco pela qual publicou seu segundo livro “Marcas de uma infância ferida” onde reuniu em uma mesa redonda para debate pessoas ligadas ao tema como:  psicólogos, jornalistas, conselheiros tutelares e representantes culturais.

FB_IMG_1463970154999Escreveu o livro e roteiro infantil intitulado “O feitiço da Lua” apresentado sobre patins em um musical no grande auditório do teatro Guaíra, no ano de 2015.  Cláudia está seguindo uma caminhada de palestras para estudantes e comunidade sobre diversos temas na cidade curitibana e região metropolitana.  Aos vinte e uns anos (21) de idade é escritora de três livros, poeta, roteirista e compositora, além de seguir uma vida corrida aliada a vida Universitária como aluna de Comunicação da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.  Em pequenas palavras, Cláudia Santos, gratificou-se:

“Agradeço a Deus em primeiro lugar por tudo que vem ocorrendo.  Em seguida à Bahia que me criou e Curitiba que me acolheu e as famílias que fiz nos pedaços do Brasil que pisei. Não tem sido fácil, mas o que me importa é que tem sido possível, e como disse a grande poeta Helena Kolody ‘É preciso seguir pintando estrelas em muros para ter o céu próximo as mãos’. Meus agradecimentos aos colegas escritores, aos coordenadores da feira do poeta e ao vereador Jorge Bernardi por uma ação tão nobre.  Gostaria de deixar meus agradecimentos a Casa do estudante Universitário do Paraná, pois, só por ela eu pude garantir permanecer em Curitiba! E aos meus conterrâneos, pois o que sou é tão-somente partículas de todos que me apoiaram. ”

 

 


Moradores do bairro Sucupira sofrem com esgoto a céu aberto

Lixo se acumula há mais de duas semanas na rua
Lixo se acumula há mais de duas semanas na rua

Nosso site recebeu a queixa de moradores da Rua Lomanto Junior, no bairro Sucupira e fomos conferir de perto como os eles estão vivendo e passando por diversos problemas naquela rua.

O jornalista Di Rusciolelli esteva na casa da senhora Vânia Crispina, onde o esgoto passa no meio do terreno da casa dela e divide com a casa de sua mãe  e irmã.  Além disso, na rua, logo em frente a casa dela, também passa uma rede de esgoto a céu aberto. “Já pedi pra prefeita, já pedi pra Zé Mauro, já coloquei até no Facebook,  mas eles dizem que não tem manilhas  para colocar aqui e aterrar pra que esse mau cheiro não fique entrando em nossas casas”, disse Vânia. Um de seus filhos ainda se queixa no vídeo, do mau cheiro na hora que eles estão almoçando: “Parece que estamos comendo o esgoto”, diz o mennino.

20160509_104448Outro morador que preferiu não se identificar, reclamou da péssima contenção que foi feita próxima a sua casa. A prefeitura fez a contenção de pedras, mas não colocou canos no esgoto para que o mesmo não passasse pela casa dele. Resultado, como na parte dele, não tem mais saída,  o esgoto empossa no fundo da casa e ele tem que sempre ficar tirando.

Outra moradora, que também não quis se identificar,  reclamou da coleta de lixo, segundo ela, a empresa de lixo demora mais de duas semanas para passar na rua e pegar o lixo. Logo, o lixo se amontoa e além do mau cheiro do esgoto, junta o péssimo cheiro do lixo. Que para completar, cachorros e urubus reviram toda a sujeira.

Vejam fotos e um vídeo que o jornalista Di Rusciolelli gravou:

Vídeo