Justiça afasta prefeita que foi denunciada por improbidade administrativa

Retirado do Bocão News

A prefeita de Jequié, Tânia Britto, foi afastada 001nesta segunda-feira (28) da chefia do Poder Executivo por 120 dias, de acordo com decisão liminar do juiz Glauco Dainese de Campos. Contra a gestora pesou a acusação de improbidade administrativa. A Justiça entendeu que a permanência da gestora no cargo poderia atrapalhar as investigações nas contas municipais com supostos esquemas de corrupção.

O vice-prefeito de Jequié, Sérgio Gameleira, assumirá o cargo já a partir desta terça-feira (29).

O Ministério Público do Estado da Bahia, representado pelos promotores Regionais de Justiça das 4ª e 7ª promotorias, ajuizaram em 18 de novembro, na 2ª Vara Cível da Comarca de Jequié uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, com Medida Cautelar de Afastamento, da prefeita de Jequié e do secretário municipal de Educação, João Magno Chaves.

Mais de 70 turmas do município permaneceram sem aula até o dia 11 de agosto e outras três turmas permaneceram sem aulas pelo menos até o dia 14 de setembro deste ano, fato atribuído “à inércia, negligência, falta de eficiência dos gestores acionados; ainda de acordo com a ação, das turmas mencionadas, 38 estão na zona rural e totalizam 482 alunos.

O Conselho Municipal de Educação de Jequié estima que mais de 2 mil  alunos tenham sido prejudicados.

afastadadatv


Comentários fechados.