Acidente fatal em Una – Colisão entre bicicleta e carro mata o popular Guina

Informações e foto retirada do site Una News\r\n\r\n \r\n\r\n

Agnaldo Brito Barbosa “Guina”/Foto retirada do Una News
Agnaldo Brito Barbosa “Guina”/Foto retirada do Una News
\r\n\r\n \r\n\r\nNa noite de ontem( 29), por volta das 19h, houve uma colisão envolvendo um carro do Hotel Transamérica e uma bicicleta que estava sendo conduzida por Agnaldo Brito Barbosa “Guina”, 49 anos, morador do Bairro Marcel Ganem.\r\n\r\nSegundo informações, no momento do acidente, o condutor do veículo que não teve o nome revelado, entrou em contato com a Ambulância do SAMU prestando socorro a vítima. Guina foi levado para o Hospital Municipal Frei Silveiro, porém ele não resistiu vindo a óbito.\r\n\r\nO acidente aconteceu na BA-001 próximo ao Estádio Municipal de Una


Coordenadora Especial em Una foi promovida sem nomeação. Concurso público só para ela? Nepotismo? Favorecimento?

Enquanto o "pobre", Guarda Civil Municipal teve suas gratificações cortadas ao longo dos anos desse governo. Em Dezembro de 2015, esse aí recebeu R$195,14. Será que deu para comprar o Chester do Natal?
Enquanto o “pobre”, Guarda Civil Municipal teve suas gratificações cortadas ao longo dos anos desse governo. Em Dezembro de 2015, esse aí recebeu R$195,14. Será que deu para comprar o Chester do Natal?
\r\n\r\n \r\n

Nosso site esteve em contato com alguns funcionários públicos municipais da cidade de Una. Na conversa, alguns se queixavam dos excessivos cortes em seus salários e em gratificações que eles recebiam. Na oportunidade, informamos que havia uma pessoa na cidade que não tinha motivos para se queixar. Pois, no ano de 2015, ela havia sido promovida de professora para coordenadora pedagógica. Sem contar que, em valores líquidos, ou seja, já com os descontos, recebeu em 12 meses a quantia de R$ 65.903,56 (sessenta e cinco mil novecentos e três reais e cinquenta e seis centavos). Até aí tudo certo. Tudo bem? Qual nada!

\r\n

Seria correto se a irmã dessa coordenadora não fosse secretária de saúde da cidade.

\r\n

Seria correto se essa professora fosse promovida via um concurso público ou uma nomeação que existisse. Se existiu, não foi divulgada no portal do município.

\r\n

Vamos aos fatos:

\r\n

No dia 08/12/2014 a prefeita da cidade de Una, a senhora Diane Brito, baixou uma portaria de nº 286 que revogava a portaria de número 09 de 02/01/2013. Nela, a então professora efetiva do município, a senhora Rita de Cácia Santos Teles, havia sido designada para o cargo de Coordenadora Educacional da Secretaria de Educação e Cultura. No mesmo dia, a prefeita baixa outra portaria, de número 287, também revogando uma portaria anterior que nomeava a senhora Rosangela Santos Teles como Diretora da Escola Municipal Santa Rita. (baixem esses decretos aqui)

\r\n

Já no outro dia, 09/12/2014, a prefeita Diane, por meio do decreto 251, exonerava a então secretária de saúde da cidade, a senhora Maria Marúcia Santana Bahia (notícia divulgada em primeira mão pelo nosso site aqui). E no mesmo dia, a prefeita decreta, por meio do decreto de número 252 (baixem aqui) que a nova secretária de saúde seria a senhora Maria Renilda Santos Teles.

\r\n

Porém, como em um passe de mágica, em junho do ano passado à senhora Rita de Cássia passa ao seu cargo anterior a portaria que a desonerava, e passa a receber uma gratificação que condizia com seu salário antigo de coordenadora, o valor de R$ 2.388,95 (dois mil, trezentos e oitenta e oito reais e noventa e cinco centavos), repetindo: Gratificação. E a sua outra irmã, a Rosangela, ela continua no mesmo cargo, como professora, mas sua gratificação também aumentou.

\r\n\r\n\r\n

Gratificação especial mais da metade do salário
Gratificação especial mais da metade do salário
\r\n

Mas qual o problema disso?

\r\n

A gratificação é indevida, pois não existe promoção por concurso e a lei proíbe o nepotismo, isto é, comissionados com grau de parentesco em primeiro grau. É inconstitucional a transposição de servidores de um cargo para outro, sem ter feito prévio concurso público ou não seja nomeado. A servidora Rita, não poderia ter sido promovida, novamente para o cargo de coordenadora pedagógica, devido ao fato de sua outra irmã ser a secretária de saúde. Isso é nepotismo indireto. Além disso, a gratificação para a outra irmã, Rosangela, também é indevida, pois não se justifica. Nenhuma das duas realizou um concurso público, uma para ser promovida de professora 40 horas para coordenadora pedagógica.

\r\n

Em abril de 2013, o governo da atual prefeita esteve às portas com um problema como esse, quando após a saída do ex-secretário de educação Gilberto Lisboa, a prefeita havia indicado a senhora Laudecy Lisboa como secretária (reveja aqui), mas o próprio procurador do munícipio da época rechaçou essa indicação devido ao fato de o marido da senhora Laudecy, o biólogo e professor Rogério Martins está nomeado como chefe da secretária de turismo e a sua irmã Deborah Borges também ser a tesoureira.

\r\n

Falando em valores

\r\n

Como dissemos acima, quando os servidores se queixam de estarem recebendo seus salários cortados, com todas as gratificações e até horas extras, no caso da coordenadora especial, ela recebeu até mais do que outros coordenadores, e os três com o mesmo cargo e a mesma carga horária. Acessando o site do TCM nosso site teve acesso aos contracheques de mais dois coordenadores pedagógicos da cidade, e de um guarda civil municipal.

\r\n\r\n\r\n

Mesma carga horária, porém gratificações diferentes
Mesma carga horária, porém gratificações diferentes
\r\n

O primeiro coordenador recebeu ano passado a quantia líquida de R$ 54.853,76 (cinquenta e quatro mil, oitocentos e cinquenta e três reais e setenta e seis centavos), mais de R$11 mil reais a menos que a coordenadora especial. Já outra coordenadora pedagógica da cidade, recebeu, também em valores líquidos, a quantia de R$ 41.347,74 (quarenta e um mil, trezentos e quarenta e sete reais e setenta e quatro centavos), mais de R$24 mil reais a menos que a coordenadora especial. As diferenças se dão por conta das gratificações, cada um recebeu uma gratificação diferente. Mesmo os três estando, na folha de pagamento, com o mesmo cargo e a mesma carga horária.

\r\n\r\n\r\n

Outra coordenadora que apesar de bem gratificada, não foi tão agraciada assim
Outra coordenadora que apesar de bem gratificada, não foi tão agraciada assim
\r\n

Denúncia feita ao Ministério Público

\r\n

O jornalista e proprietário do site Atitude em Una, o jovem Di Rusciolelli, acionou na semana passada a promotora da cidade. Ele disse ao nosso site que agora irá aguardar a resposta da prefeitura e irá acionar um advogado para que possa ser ressarcido aos cofres públicos, caso se configure irregular a “nomeação” ou o “concurso público” das irmãs, a quantia de R$ 28.193,16 (vinte e oito mil reais, cento e noventa e três reais e dezesseis centavos).

\r\n

\r\n

Lei de acesso à informação

\r\n

Pautado na Lei de acesso à informação e divulgação dos salários de servidores públicos, nosso site não se omite em divulgar os salários de entes públicos, tendo em vista que o direito à intimidade não é absoluto, e deve ceder ante o interesse maior do poder público. Os proventos e vencimentos são pagos com dinheiro público, a exigir a observância dos princípios da publicidade e da transparência. Todos os salários dos funcionários públicos de Una, bem como outras cidades, podem ser acessados clicando aqui.


Partido Progressista de Una convida para palestra sobre Segurança Pública

Informe do Partido Progressista – Sem ônus\r\n

\r\n

images (1)

\r\n

\r\n

O Partido Progressista, empenhado em cumprir seu papel institucional de contribuir com uma sociedade melhor e mais justa, convida a todos para participar de uma plataforma de discussões acerca dos assuntos relacionados à gestão pública.

\r\n

Também faremos uma abordagem sobre a Zona Rural e nossos distritos, Colônia, Vila Brasil, Outeiro, Pedras e Comandatuba, para isso nos deslocaremos até o distrito para facilitar a participação dos moradores de cada local.

\r\n

Nesses encontros, teremos palestrantes com conhecimentos específicos em cada área a ser abordada e num segundo momento abriremos as discussões sobre o tema mencionado no dia. A intenção é fazer o diagnóstico real de nossos problemas e encontrar as possíveis soluções para esses problemas.

\r\n

TEMA 03: Segurança pública\r\nLOCAL: Residência do ex prefeito Dejair, localizado no Bairro Santa Rita, ao lado do campo de futebol.\r\nHORA: 18:30\r\nDATA: 02/03/2016

\r\n

\r\nEntendemos que a participação popular é primordial na construção dos caminhos para a cidade que desejamos, por isso, sua presença será muito importante para nós, venha e contribua com esse novo jeito de pensar política!

\r\n

Tiago Birschner – Vice Presidente do  Diretório Municipal do Partido Progressista em Una


Associação de Estudantes Universitários irá promover Trote Solidário em prol da Casa da Criança

IMG-20160226-WA0004\r\n

A Associação de Estudantes Universitários de Una-AEUU, começou uma campanha com os veteranos e calouros, e pede também o apoio dos membros da comunidade em geral, para doarem alimentos não perecíveis e donativos. Todo o material arrecadado será doado para a Casa da Criança. A instituição foi recentemente assaltada e há anos sofre com o descaso do poder público municipal. (reveja aqui)

\r\n

Segundo o presidente da associação, o jornalista Di Rusciolelli, o objetivo é brincar de maneira solidária e pacífica com os novos alunos que entraram nas universidades esse ano e também fazer com que os veteranos possam retribuir todo o apoio que a comunidade unense deu à associação no ano passado. Ele ainda informou  que  com o aumento de combustível e diminuição de alunos presenciais, a mensalidade ficou mais cara. Porém a associação vem buscando meios para reduzir custos e ao mesmo tempo propiciar vagas para todos os alunos nos ônibus. Uma vez que o objetivo, é fazer com que todos possam realizar seus sonhos.

\r\n

A associação informa que os donativos podem ser entregues no ponto do ônibus, em frente a Igreja Católica, a partir das 16:30, com qualquer estudante ou podem ligar nos telefones 73 99979-8789 e 73 99961-1266, informar que querem contribuir e a associação irá pegar.

\r\n

Participe você também demonstrando esse ato de solidariedade e carinho com o futuro de nossas crianças.


Mãe de estudante da APAE faz um apelo para que escola siga funcionando

Liliane diz que isso não pode acontecer e faz um apelo para que a APAE funcione
Liliane diz que isso não pode acontecer e faz um apelo para que a APAE funcione
\r\n

No último dia 22/02, nosso site divulgou a matéria com uma entrevista realizada com a senhora Verônica, mãe da criança Eduardo, um aluno especial e que tem autismo. Na postagem a dona Verônica contava sobre o fechamento da Escola Mico Leão – APAE. (revejam aqui)

\r\n

O caso repercutiu muito e uma reunião foi marcada, a pedido da secretaria de educação de Una, com os pais dos alunos na próxima segunda-feira, 29.

\r\n

Ontem estivemos, novamente no Bairro Marcel Ganem entrevistando a senhora Liliane, ela é mãe do menino Vitor Daniel, ele tem seis anos e também tem autismo. No vídeo abaixo Liliane também fala em bom tom que a APAE será fechada, e que essa informação é da própria direção da escola, tendo em vista o posicionamento e decisão vindo da secretaria de educação. Liliane afirma que a vida dela, caso se confirme o fechamento da APAE, se tornará muito difícil. “Só na escola regular meu filho não se desenvolverá, eu não posso nem trabalhar devido ao fato de cuidar do meu filho. Além de ele não se desenvolver, eu não posso viver direito, pois se ele estiver na APAE, eu posso trabalhar tranquila, sabendo que lá ele seria bem cuidado“, afirmou Liliane ao nosso site.

\r\n

Ela faz um apelo para a prefeitura, autoridades e aquele que puder ajudar. Segundo ela, uma das diretoras da APAE disse que com apenas três professores, somando aos dois que ficarão no novo projeto de funcionamento da APAE, a escola poderá funcionar. “Mesmo com pouco professores, é possível deixar a APAE funcionando minimamente“, finalizou a mãe ao nosso site.

\r\n

Nosso site esteve ouvindo alguns professores e eles nos confirmaram o que as mães de alunos especiais estão dizendo. Segundo algumas delas, tem professoras que já foram transferidas até para outro Distrito.

\r\n

Nosso site deixou o canal aberto para que alguém da secretaria de educação ou da prefeitura se pronunciasse. Não tivemos respostas, mas estaremos a par da situação e da reunião na próxima segunda -feria.

\r\nVejam abaixo a entrevista:\r\n\r\n


Carro do Conselho Tutelar de Una falta gasolina e conselheiros ficam em impasse no meio da rua

Quando se pensa que já se viu de tudo, eis que Una surpreende.

\r\n

Nosso site acabou de receber fotos pelo whatsapp (73 99979-8789) onde mostra o carro do Conselho Tutelar de Una parado no meio da Avenida Getúlio Vargas. Até aí normal, mas o que está acontecendo é que há mais de meia hora o carro está parado no mesmo lugar por falta de gasolina. Segundo um dos conselheiros, a prefeitura reduziu, a já baixa cota por semana, de 20 litros. Hoje, quando os conselheiros retornavam de uma diligência o carro simplesmente parou. Eles entraram em contato com os responsáveis pelo abastecimento e eles disseram que não irão abastecer o veículo até uma ordem do secretário de desenvolvimento social, o senhor César Rusciolelli (irmão da prefeita), liberar o abastecimento. Ainda, segundo um dos conselheiros, o secretário se encontra em Porto Seguro e não está atendendo as ligações.

\r\n

Enquanto isso, o carro segue no meio da rua e até atrapalhando o trânsito.

\r\n

\r\n


Educação em Una, um verdadeiro caos instalado

A pergunta que se faz em Una hoje
A pergunta que se faz em Una hoje
\r\n

\r\n

Ontem nossa equipe esteve no prédio do extinto Colégio Estadual de Una-CEU, que hoje funciona quatro escolas em uma, para conferir de perto a bagunça que se armou lá. Recebemos a ligação de que alunos e pais estariam cercando o diretor do Colégio Municipal Alice Fuchs de Almeida-CMAFA lá dentro do prédio. Quando chegamos lá, vimos os alunos seguindo o professor, quando perguntamos a uma das mães que estava lá disse  que estava uma grande confusão, pois o filho dela pertence ao CMAFA, mas estudará no prédio do antigo CEU.

\r\n

\r\nDepois do depoimento da mãe, entramos na escola e conferimos de perto crianças de 04 até 07 anos dividindo o mesmo ambiente que pré-adolescentes de 12 a 13 anos. Criancinhas sentadas nas cadeiras que foram feitas para adolescentes e adultos, com os pezinhos pendurados. Professores para um lado, atordoados tendo que da conta de alunos perdidos sem saber em que sala estudavam, e em crianças que devem ir aos banheiros que não são adaptados para eles. Sobre o banheiro, quando a secretária de educação da cidade, a senhora Leninha Cavalcanti, foi perguntada como as crianças iriam fazer suas necessidades, segundo mães e professoras, a mesma respondeu: “Arranja um banquinho para auxiliar”.

\r\n

\r\n

O que está acontecendo, segundo mães e professores, é que tem sala de menos, para alunos demais. O governo municipal fechou 4 escolas para abrigar os alunos delas no prédio do CEU. Ao todo, o CEU foi fechado, mas os alunos do 6º ano tiveram que continuar lá no prédio, junto com eles, estão os alunos do Colégio Municipal Luiz Viana Filho, Colégio Municipal André Rebouças, Colégio Municipal Liberalino Barbosa Souto e ainda, para completar a equação, alunos da Escola Mico Leão – APAE que também será fechada.

\r\n

20160224_083214\r\nAinda há relatos de mães que existem salas no Colégio Municipal Anísio Teixeira, no Bairro Sucupira, que estão com salas com mais de 40 alunos, Alguns pais e mães foram até a promotoria pública ontem, e a promotora Alicia Botelho pediu soluções para esses problemas.

\r\n

Ainda ontem, quando o jornalista Di Rusciolelli, divulgou em sua página no Facebook o descaso que ele viu, e após a repercussão, a prefeita foi acionada, e pediu para providenciarem resolver as questões do banheiro no CEU e a escola não funcionará na próxima sexta-feira, 26/02, para que possa ser pintada.

\r\n

\r\nAinda essa semana nosso site estará percorrendo as demais escolas da cidade para conferir de perto a confusão que foi armada na educação de Una.



Presidente da Câmara informa que não haverá sessão hoje na casa

IMG-20160223-WA0006

\r\n

\r\n

Em virtude do falecimento e sepultamento do jovem Iago Parada, sobrinho de um ex-vereador da cidade, Eduardo Parada, popular Duda Costa, o presidente Ailton Nunes(SD) informa que não haverá sessão na noite de hoje.  O presidente da Casa do Povo disse que a sessão retornará há acontecer normalmente na próxima terça-feira, 01/03, e que será feito um pronunciamento em homenagem a família.

\r\n 


APAE de Una será fechada – Mães de crianças especiais estão perdidas sem saber o que fazer

Será a quarta escola que sera fechada em Una, caso se concretize os planos da prefeitura
Será a quarta escola que sera fechada em Una, caso se concretize os planos da prefeitura
\r\n

\r\n

Nosso site recebeu diversas queixas durante os últimos 30 dias de que a Escola Mico Leão – APAE, da cidade de Una, seria fechada.

\r\n

As notícias começaram a ficar mais frescas quando algumas mães denunciaram via Facebook e depois via Whatsapp (73 99979-8789), no último sábado, pela manhã, nosso site esteve na casa da dona Verônica Nascimento, ela é mãe da criança Eduardo Nascimento de oito anos e vive com ele e seu marido no Bairro Marcel Ganem, na parte ao lado do Colégio Davi Pinheiro nas casas populares. Ela não pode trabalhar devido os cuidados que ela tem com o menino.

\r\n\r\n\r\n

Dona Verônica Nascimento: "Eu queria que a prefeita soubesse o que é APAE. Estão tirando o direito de meu filho viver"
Dona Verônica Nascimento: “Eu queria que a prefeita soubesse o que é APAE. Estão tirando o direito de meu filho viver”
\r\n

Quando nossa equipe chegou lá foi recebida pelo sorridente e ativo Eduardo, que nos deu um sonoro “olá”, e depois veio à dona Verônica, ela corajosamente decidiu abrir a boca e falar tudo o que está acontecendo na escola APAE.

\r\n

Ela contou a nosso site que o filho dela, bem como a maioria dos outros alunos que eram atendidos na escola, não irão estudar lá esse ano, pois segundo ela foi informada, as crianças especiais deverão ir estudar nas outras escolas públicas ou particulares do munícipio. Segundo a mãe do Eduardo, ele deverá ser incluído na educação das escolas “normais”, pois como ela disse, “o menino deve participar da inclusão nas escolas”, mas ela se queixa que nenhuma escola, que não seja a APAE, está preparada para atender o filho dela, que é autista e tem um problema forte de coordenação motora, às vezes, sozinho e do nada, o menino cai, mesmo se ela estiver segurando ele, andando normalmente, ele começa a desabar, e ele não se machuca muito, porque a mãe está segurando.

\r\n

No vídeo abaixo, a pobre mãe deixa claro a dificuldade que ela irá passar, caso a APAE venha mesmo a ser fechada, “É a calmaria dele, às vezes quando não tem aula, ele pega a mochilinha e fica, na hora de ir para o ônibus, na porta, esperando que eu o leve para o ponto. Quando ele descobre que não tem aula, ele já fica nervoso. Se isso acontecer, eu ficarei de pés e mãos quebradas, não tem como deixar ele nas outras escolas. Estão tirando o direito de meu filho viver”, afirmou Verônica.

\r\n

Procuramos informações com profissionais da área da educação e a notícia que a APAE não vai funcionar é o que mais se diz. O prédio passa por reformas, e segundo uma funcionária da escola, que não quis se identificar, a escola não fechará totalmente, lá só irá funcionar como uma casa de apoio, mas aulas como eram ministradas no ano passado só irão acontecer em uma sala. Todas as outras, não irão funcionar. E os atendimentos que eram prestados na escola, também não irão funcionar exceto que um pai ou mãe precise levar seu filho lá.

\r\n

Nosso site deixa o espaço para que a prefeitura possa se explicar e afirmar o que está acontecendo.

\r\n

Vejam o vídeo:

\r\n