Governador entrega títulos de terra a produtores de Riachão do Jacuípe

Possibilidade de armazenar água para minimizar os efeitos dos períodos de estiagem e ter em mãos o documento que comprova a posse da propriedade, a maioria delas, modesta. Para pequenos produtores rurais de 14 municípios da Bacia do Jacuípe estes são bons motivos para permanecer no campo e prosperar com a família. Para melhorar as condições de trabalho destas pessoas, o Governo do Estado vem desenvolvendo um conjunto de ações estratégicas. Nesta sexta-feira (14), o governador Rui Costa, acompanhado do secretário de Desenvolvimento Regional, Jerônimo Rodrigues, e de outras autoridades, esteve no município de Riachão do Jacuípe,  para entregar títulos de terra para 255 agricultores da região. Na ocasião, também foi entregue, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), uma placa à prefeitura da cidade, que representa a universalização do acesso à água, com a entrega de 1296 cisternas para residências da zona rural, cinco para unidades públicas de ensino e uma para unidade de saúde. 
Além das entregas, o governador assinou ordem de serviço para a implantação de 3,2 mil novas cisternas na região, prevista para os próximos dois meses. Durante o evento, Rui destacou que o estado tem condições de produzir mais e fortalecer a economia nas zonas urbana e rural. “Quanto melhor estiver a agricultura familiar, o comércio [nas cidades] vende mais, gera mais empregos. Se esta gente [do campo] começar a produzir mais, a cidade também vai melhorar. Não faz sentido a Bahia ainda importar ovos de galinha, leite e frango de outros estados. Nossa meta é botar o povo do campo pra produzir e ganhar mais dinheiro”.
Rui Costa ainda participou da entrega de 14 veículos novos, que foram destinados a prefeituras da região, em especial, às secretarias de agricultura. A iniciativa integra o Programa de Infraestrutura (Proinf) da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). A intenção do governo estadual é que os técnicos destes órgãos utilizem os carros para dar suporte à agricultura familiar. “A Bahia é um estado grande, que tem o maior número de agricultores familiares no Brasil. São 700 mil famílias, aproximadamente 2,8 milhões de pessoas que vivem da agricultura familiar. Estes carros são uma parceria com o governo federal”, explicou o governador, que recebeu ainda o Título de Cidadão Jacuipense, concedido pela Câmara de Vereadores de Riachão do Jacuípe. “Este título só aumenta a minha responsabilidade, o meu compromisso com o povo desta cidade”.
Fotos: Manu Dias/GOVBA

UNA: SINFESPU PARTICIPA DE SEMINÁRIOS NO ENCONTRO DE SERVIDORES EM ARACAJU-SE

Jorge “Kita” presidente do Sinfespu e Aires Ribeiro
 presidente da Confederação
O Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Una- SINFESPU, esteve presente Kita”, no 1º Seminário dos Servidores Públicos Municipais, que aconteceu no Bello Mar Praia Hotel, teve início dia 4 e encerramento no último dia 7. O Seminário foi promovido pela CSPM- Confederação dos Servidores Públicos Municipais, em parceria com a Força Sindical. O evento reuniu mais de 100 dirigentes sindicais em Aracaju/SE. 
O diretor presidente Jorge Pereira dos Santos, popular Kita, representou a categoria no evento que contou com a pauta de planejamento orçamentário; organização durante pleito sindical e aperfeiçoamento dos dirigentes sindicais tanto na questão administrativa quanto no processo de negociação. A organização dos Sindicatos, as diretrizes do FUNDEB e a estrutura sindical e o funcionamento de cada uma de suas entidades e vertentes também foram debatidos nos quatro dias de evento. 
Segundo o blog oficial do SINFESPU, o principal objetivo do evento é para aproximar os dirigentes e buscar o aprimoramento do trabalho desenvolvido pelos Sindicatos. 


UNA: PREFEITA NÃO COMPARECE NA CÂMARA PELA QUARTA VEZ

Pernas pra que te quero?! 
Conforme divulgamos em nosso blog na última terça feira, dia 08, a prefeita de Una, a senhora Diane Brito, deveria comparecer na Câmara de Vereadores para prestar esclarecimentos acerca de supostas fraudes que estão sendo investigadas pelas Comissões Processantes da Casa do Povo. (revejam aqui)
Hoje, novamente, a prefeita seria ouvida pela Comissão que é presidida pelo vereador e professor Jorge. Porém, mais uma vez, a mesma não apareceu.  O vereador disse ao nosso blog que aguardou a prefeita desde as 8:00 horas da manhã, e que após completar mais de 50 minutos do horário pré-estabelecido. Como a prefeita não apareceu, o seu advogado foi protocolar um ofício comprovando que a mesma ainda estava em Salvador, e dessa vez, correndo atrás de receber uns computadores para a secretaria de educação da cidade.  Jorge então deu por encerrado os trabalhos, e irá encaminhar o relatório em breve.
Vale ressaltar, que a prefeita vai voltar a ser intimada, dessa vez pela comissão que investiga a denúncia feita por Di Rusciolelli, onde o mesmo denuncia o abastecimento irregular de veículos particulares e o suposto desvio de mais de um milhão de reais em licitações com suspeita de fraude e enriquecimento ilícito. Somando o valor total de R$1.056.670 (hum milhão, cinquenta e seis mil, seiscentos  e setenta reais).


UNA: ANEXO SEGUE EM CONSTRUÇÃO, MESMO SENDO INAUGURADO RECENTEMENTE

No dia 02 de agosto de 2014 a Prefeitura de Una inaugurou o Anexo Administrativo no Bairro Sucupira. E no dia 02 de agosto de 2015, novamente, a prefeitura voltou a inaugurar o Anexo. Vejam aqui a matéria da primeira inauguração em 2014.
O hoje Anexo César Rusciolelli, foi inaugurado duas vezes na cidade de Una. Na primeira vez em 2014, o anexo foi inaugurado juntamente com a Rodoviária e o Cras, e os três não haviam sido terminados. Mesmo assim, houve cerimônia de inauguração, bem como o convite para a comunidade (foto ao lado). 
Esse ano, no dia do aniversário da cidade, 02 de agosto, novamente, o Anexo foi inaugurado, dessa vez até com uma certa estrutura, na verdade uma estrutura mínima. Segundo alguns funcionários que trabalham lá, até alguns dias faltavam internet, cadeiras, mesas, pontos de tomada para ligar aparelhos. Um outro funcionário que não quis revelar seu nome, disse que até água, ele tem que levar, afinal a cozinha ainda não foi concluída. O estacionamento da frente foi entregue às pressas, e o do fundo, segue sendo aterrado e aplanado para começar a ser colocado concreto.
Ainda se pode ver muita coisa em construção, e até hoje, a principal porta de entrada, é tapada com folha de compensado, mesmo estando fechada com porta de vidros. A verdade é que tanto o anexo, quanto o posto de saúde do bairro da Urbis, não foram totalmente concluídos, as suas respectivas inaugurações, foram fachadas, para ter o que mostrar para a população na data do aniversário da cidade. Nas duas obras, muita coisa ainda tem a ser feita.  No anexo, concluído mesmo, estão dois banheiros, o auditório e uma sala grande onde será remanejado a Tributação e a Secretária de Viação Transporte e Obras. Além de outra sala, onde funcionará a Secretaria de Agricultura. Que funciona hoje no prédio principal da prefeitura.
Segundo a prefeitura, a construção do anexo, visa acabar com alugueis, mas até agora, as secretarias ou repartições que foram para lá, funcionavam todos, em prédios públicos e próprios da prefeitura. Exceto o curso Universidade Para Todos, que funcionava antigamente no prédio do governo federal, em regime de concessão para a Casa da Criança e Sindicato dos Produtores Rurais. Mas nenhum, pagava aluguel.
Vejam abaixo fotos do Anexo Cesar Rusciolelli:
Fotos: Di Rusciolelli
Percebam que tudo foi feito nas pressas. Até hoje o M de administrativo está torto
Copa que ainda não foi concluída

O prédio virou lugar de entulho de materiais que não são utilizados

O blog co-irmão do nosso, o Una na Mídia, na ocasião da segunda inauguração, divulgou fotos do evento e a matéria pode ser vista acessando aqui.  

UNA: PREFEITA MAIS UMA VEZ NÃO COMPARECE NA CÂMARA

Pela terceira vez seguida a prefeita Diane Brito não compareceu na audiência marcada para ser ouvida por uma das comissões  que está investigando supostas fraudes.
Após o horário que foi determinado (10:00) um de seus advogados foi até a Câmara e disse estava representando a prefeita e justificou que ela teve que ir para Salvador de forma emergencial na madrugada de ontem para hoje. Segundo o advogado, ela não teve como avisar com antecedência. E que ele iria encaminhar um ofício até hoje às 11 horas.
Na câmara, o presidente da primeira comissão que iria ouvir a prefeita hoje, o Vereador e Professor Jorge (PT) disse que vai registrar o fato e que a prefeita não apresentou em tempo hábil o não comparecimento. Jorge disse ainda que já consultou os advogados da Câmara. A prefeita será ouvida novamente na próxima quinta feira (10).

Nosso blog divulgou ontem aqui o motivo do comparecimento da prefeita. Revejam aqui.


A Carapuça – Por Gideon Carvalho

Amigos e amigas, se deleitem nessas estrofes do nosso poeta e artista, Gideon Carvalho.
Dessa vez, o poeta se aventura no complicado tema da política, e consegue desenhar, mesmo que sem dar nomes, traços de políticos de todas as nossas cidades e de todo o nosso país. Nosso país que vive um momento delicado, uma crise política sem precedentes, e que pode, mudar de uma vez por todas, os rumos de nossa nação. Seja para pior ou para melhor. 
No poema A Carapuça, Gideon mostra toda sua veia crítica ao tradicional estilo de fazer política, a política sorrateira, de pessoas que se vestem de amigos, e de preocupados com a gestão de uma cidade, mas que só pensam em si mesmos. E fazem de tudo para prejudicar toda a população.
Na foto do poema, o autor mostra sua revolta, e se esconde atrás de uma máscara que tais políticos e pessoas, vivem diariamente. Afinal, o que bem existe, são lobos de cara feia, em pele de cordeiro.
Vale lembrar que esse texto é o retrato da expressão e opinião de um artista, logo uma obra de arte, portanto qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência

 
A Carapuça – Por Gideon Carvalho

Sou um camuflado parasita oportunista da política unense
Ludibrio os tolos que acreditam em minha lábia pérfida,
hipócrita
Pouco me importam os valores morais e éticos que a justiça, o
bom senso e as virtudes intuam, preconizem, pensem…
Meus interesses sórdidos, mesquinhos, torpes… estão acima
da boa-fé, sobrepondo-se aos interesses utópicos que me creditam, que me
confiam esses cegos idiotas
Não abro fogo explícito contra a esquerda, tampouco contra a
direita que, vexatoriamente, me ostenta, me amamenta
Não tenho lado, partido, aliança, nem comunhão com ninguém
Sou um dissimulado partidário “de araque” que atua como uma
sanguessuga do governo em vigência
Sou o mal inveterado, enraizado, entranhado em todas as
administrações públicas, por mascarar-me de boa moça ou bom moço do bem
Sou uma praga, uma peste perniciosa, uma erva daninha aonde
eu chego
Subverto a paz, ultrajo o amor, desfaço amizades…
pressagiando infortúnio, semeando dissabores, discórdia…
Cego os olhos, o entendimento… dos que firo com palavras
mansas, abraços e beijos
Não me alegro da alegria dos meus companheiros, tampouco me
compadeço quando padecem, quando sofrem, quando um deles malogra, chora…
Nunca dispenso meu favor, minha atenção, minha gentileza…
em favor de quem quer que seja, simplesmente por obséquio
Sem asquerosos interesses escusos, sem intenções cavilosas,
capciosas, fraudulentas…
Quando elogio, lisonjeio, cativo ou favoreço a alguém com
meus préstimos
O faço única e exclusivamente para meu próprio mérito, para
glória e vanglória de minha vil conveniência
Não faço jus aos laços fraternos de quem comigo comunga
Nunca me assumo; nunca o assumo; nunca lhe pertenço; nunca me
pertence; jamais o declaro
Sou uma desprezível criatura demagógica, por trás da máscara,
na cidade de Una
De tudo que preconizo, teorizo, idealizo em audiência, faço
inescrupulosamente o seu reverso, o seu contrário
Maquio indecorosamente minha incompetência, ineficiência,
estupidez… respeitantes ao meu ofício
Consigo sempre me livrar das ocorrências, circunstâncias e
conseqüências vexatórias que provoco
Salvando a minha pele, e inculpando, injusta e
traiçoeiramente, os que chamo de amigos
Sobre os quais recaem todas as minhas culpas, por permitirem,
passivamente, que eu os use, como meus bobocas bodes expiatórios
Faço manobras ultrajantes para manter-me sempre no poder
As virtudes e boas qualidades que finjo ter inspiram as mais
infames e abjetas atitudes em mim
Justifico pretextos desarrazoados para sempre ocultar-me, me
esconder
Eximindo-me de qualquer exposição, declaração ou imputação de
responsabilidade que não justifique meus sórdidos e inconsequentes meios,
usados para alcançar meus convenientes, repulsivos e abomináveis fins
Tenho um ego imperioso que se ensoberbece, até mesmo dos
chavões e frases feitas que declamo
Discurso uma mísera retórica balbuciante persuasiva,
repetidamente, como um eco
As honoríficas atribuições, prerrogativas e homenagens
prestadas a mim, eu mesmo as proclamo
Ousando, constantemente, querer soar, como um digníssimo
visionário contemplado por seu mérito
De minha saliva, exala uma peçonha devastadoramente
inflamável nos contra-sensos das palavras
De minha mente, emanam os malignos reflexos venenosos em
minhas maliciosas e mortais conjecturas
Nunca há boas intenções em meu coração, em meus pensamentos,
no que minha boca fala
Todos bebem, voluntária e silenciosamente, do meu veneno
letal, tal como Sócrates tomou Cicuta
Sou uma criatura potencialmente manipuladora por excelência
Insensível às lagrimas, ao pranto, à desgraça dos
desventurados que vitimo
Sou de uma atroz frieza incompreensível, incondicional,
descomunal, que desafia a religião, a ciência…
Sem dor, peso nem inquietação de consciência, pelo remorso
que desconheço; que não tenho; que não sinto
Sempre há uma tenebrosa carta suja em minha manga
Para perpetrar o próximo eventual golpe baixo, em quem ouse
me ameaçar, me deter…
 Nem mesmo O Príncipe,
de Nicolau Maquiavel, em todo o seu glorioso requinte argucioso, de malícia,
má-fé, dolo, perfídia e ardileza, consta de tantos ardis, manhas, astúcias,
manobras ardilosas e artimanhas
– Enquanto “… o governo do povo, pelo povo, para o povo…”
não enxergar meus desmandos, meus abusos, meu despotismo despropositado e
execrável… enquanto ignorar seu direito à democracia, à cidadania, ao poder
legítimo que emana de sua soberania… enquanto não me detém, detenho e exerço
por ele, seu poder
Quando aconselho, sugiro, advirto… Inspiro insucesso,
derrota, subversão… guiando, ardilosamente, quem me ouve, a armadilhas da
decepção, do malogro, do fracasso, da frustração, do constrangimento, do
embaraço, da dor…
Todos os indícios sintomáticos apontam em mim o mais
autêntico e genuíno perfil de um sádico-psicopata-recalcado, egocêntrico,
complexado, mau-caráter e egoísta, sem coração, sem consciência, sem razão, sem
sentido…

Você sabe quem eu sou? 

UNA: PREFEITA FOI INTIMADA PELA TERCEIRA VEZ A PRESTAR ESCLARECIMENTOS

Após a decisão do Desembargador João Augusto Alves de Oliveira Pinto, no último dia 12 de agosto, autorizando os vereadores a darem seguimento nas comissões processantes de investigação contra supostas irregularidades cometidas pela prefeita de Una, Diane Brito (PSD), os vereadores intimaram  a chefe do executivo a prestar esclarecimentos  pela terceira vez.
Nas últimas duas, a prefeita conseguiu artifícios para não comparecer na acariação. Na primeira vez, disse que já teria previamente marcado, um curso na cidade de Vitória da Conquista (revejam aqui). E na segunda vez, também no mês de abril, a prefeita “achou” um defensor dela, o vereador Davi  (PMDB) que entrou com uma liminar pedindo a suspensão dos trabalhos da câmara  alegando desproporcionalidade  partidária, e o excelentíssimo Doutor Juiz de Direito da Comarca de Una, o Doutor Maurício Barra, concedeu. (Revejam aqui)
Agora a prefeita foi intimada novamente e deverá comparecer amanhã (08) às 10:00 horas da manhã no prédio da Casa do Povo. Lá, a comissão que investiga as denúncias perpetradas pela professora Vera Lúcia Correia, irá questionar a mandatária do poder executivo a cerca do não pagamento dos direitos adquiridos  e o fato da prefeita infringir várias Leis da Constituição Federal Brasileira, dentre elas, a que fere o Artigo 7, inciso XVII que assegura, expressamente, ao servidor o gozo de férias anuais remuneradas com pelo menos, um terço a mais do que o salário normal.
Vamos esperar e ver qual “coelho” a prefeita tira da cartola agora. Haja a vista, que quem não deve, não teme. E que como bem disse o desembargador em Salvador: “Ela deve ser a principal interessada em provar sua honestidade.”
Vale ressaltar ainda, que a prefeita vai voltar a ser intimada, dessa vez pela comissão que investiga a denúncia feita por Di Rusciolelli, onde o mesmo apresentou documentos que provam o abastecimento irregular de veículos particulares e o suposto desvio de mais de um milhão de reais em licitações com suspeita de fraude e enriquecimento ilícito. Somando o valor total de R$1.056.670 (hum milhão, cinquenta e seis mil, seicentos  e setenta reais).

UNA: Um ano de inaugurada, Nova Rodoviária da cidade segue sem funcionar – Descaso com o dinheiro público

O descaso com o dinheiro público em Una é coisa normal. Um ano depois de inaugurada, nenhum ônibus saiu das dependências da nova Rodoviária.

O ex-prefeito Dejair em 2012, deixou mais de 90% da obra da rodoviária terminada. Em 2013, a atual prefeita assumiu, e a construção seguiu estagnada. Em 2014 as obras reiniciaram, e no dia 02 de Agosto daquele ano, a prefeita Diane Brito (PSD) e sua equipe “inauguraram” a rodoviária que nunca chegou a funcionar. No ano passado nosso blog falou sobre essa suposta inauguração (revejam aqui) e esse ano, quase as vésperas de completar um ano, nosso blog voltou a falar (revejam aqui). Vale lembrar que essa obra, desde o principio, foi realizada com recursos federais. Mas a prefeitura que geria a obra.
E agora, mais uma vez, oficialmente após completar um ano de “inaugurada”, nosso blog volta a cobrar o funcionamento da rodoviária. Um verdadeiro elefante branco, que custou caro aos cofres públicos municipais e até hoje não está em funcionamento.  O local serve para casais apaixonados praticarem atos sexuais, viciados em drogas utilizarem entorpecentes, local de guarida para algum morador de rua, alvo de depredação. Janelas e portas quebradas, lâmpadas roubadas ou queimadas, enfim, um verdadeiro desperdício de dinheiro e descaso com o povo. 
Vejam abaixo as fotos e um vídeo:


UNA: Escola São José realiza desfile cívico em homenagem ao dia 07 de Setembro

Como já é de costume na cidade de Una, a Escola São José realizou hoje pela manhã, antecipadamente, um desfile cívico em homenagem ao 07 de Setembro, dia em que se comemora os 193 Anos de Independência do Brasil. Centenas de crianças, pais, educadores, funcionários e amigos da escola percorreram as principais ruas do centro da cidade mostrando a importância da data e com faixas e cartazes enaltecendo a importância da educação na transformação do país. A escola também pediu paz para nossa nação.
A diretora da escola, a popular Tia Jádna fez questão de agradecer aos seus funcionários, aos alunos, pais e mães da escola, que ajudaram muito para que o desfile fosse realizado. A cidade e as escolas do centro, pararam para ver o desfile da Escola São José.
Todo o ano a Escola São José não deixa passar em branco o resgate do civismo da cidade, com toda sua equipe, organiza lindos desfiles e com maestria na execução, sempre com os alunos caracterizados e com muita empolgação. As mamães Negimária e Rosely, contaram ao nosso blog que sempre se emocionam com tudo o que a escola faz. Elas disseram que toda equipe da Escola São José, sempre se preocupam em passar para os alunos além de todos os ensinamentos do dia a dia, boas mensagens de civismo e comportamento na sociedade. “Tenho maior orgulho de ver minha filha desfilar junto com seus colegas, levantando a bandeira do Brasil e ver toda a escola motivada com esse lindo desfile”, disse a mãe Negimária.  
O evento contou com o apoio especial da Guarda Civil Municipal de Una e foi ao ritmo do grupo de música “Os Curumins”, sob a regência do músico e professor Nadinho. Eles acompanharam desde o começo do desfile, saindo da porta da escola, até o retorno, quando os alunos e demais presentes cantaram o Hino Nacional do Brasil. 
Vejam mais fotos: