Inaugurada a Nova Brasilgás em Una

 \r\n\r\n

Nova Brasilgás Una – Ligou, chegou!!
\r\n\r\n \r\n\r\n \r\n

Aconteceu no último sábado (22), a inauguração da mais nova revendedora de botijão de gás da cidade. É a Nova Brasilgás, com uma estrutura adequada, acesso privilegiado, no centro da cidade. A Nova Brasilgás fica localizada na Rua Liberalino Barbosa Souto, 71.

\r\n

A inauguração contou com a presença de autoridades políticas, diversos clientes e amigos de Luiza Costa e Rolemberg Madureira, administradores da empresa. O evento movimentou a manhã de sábado da cidade com queima de fogos, carros de som, e as promotoras da Nova Brasilgás panfletando nas ruas e mostrando o novos serviços e imperdíveis promoções de inauguração.

\r\n

Comprando na Nova Brasilgás você irá concorrer a vários prêmios como: 1 Fogão – 1 Liquidificador – 1 Jogo de Panelas e 1 Moto 0km da Honda. Além disso, só na Nova Brasilgás, todo mês você concorre a um vale gás.

\r\n

A Nova Brasilgás está funcionando todos os dias da semana, inclusive sábado, domingo e também aos feriados. Ligue agora mesmo e peça seu bujão – 73 3236-1172 e 73 99981-2088. Acesse também a página do facebook da Nova Brasil Gás Una.

\r\n

\r\n\r\n\r\n

Luiza Costa, Tânia Madureira e Rolemberg Madureira – Administradores da nova empresa
\r\n\r\n \r\n\r\nFotos da inauguração:\r\n\r\n \r\n\r\n 


ITABUNA: ROBERTO JOSÉ DEIXA O PR

Retirado do Ipolítica

\r\n\r\n\r\n

Roberto José agradeceu todo o apoio recebido ao Deputado Federal José Carlos Araújo
\r\n

Com pouco mais de um ano de filiação e uma campanha majoritária, onde concorreu como candidato a vice-prefeito de Itabuna na chapa do Capitão Azevedo (PTB), o geógrafo e policial civil Roberto José deixou a legenda esta semana.

\r\n

Segundo apurou o Blog Ipolítica, Roberto José entregou a carta de desfiliação ao presidente municipal Edmilson Silva, com cópia para o presidente estadual José Carlos Araújo.

\r\n

De acordo com a carta, o ex-presidente da FICC, agradeceu a oportunidade dada e lembrou da pré campanha e da campanha avaliando como um grande aprendizado.

\r\n

Ao Blog, Roberto José informou que a decisão foi em consenso com seus apoiadores e amigos, levando em conta que as pessoas anseiam uma novo momento político. “Dessa forma, teremos isonomia o apoio a minha participação para as eleições a Presidência da República e ao Governo do Estado da Bahia.”, finalizou.


Comitiva dos poderes executivo e legislativo unense compareceu a Canavieiras na visita do governador Rui Costa

\r\n\r\n\r\n

Rose, Tiago, Fabio, Salles, Tita, Igor e Nildo
\r\n

A comitiva dos poderes executivo e legislativo de Una, composta pelo prefeito Tiago de Dejair, prefeito, Nildo Som vice prefeito e secretário, e os vereadores Fabio Fonseca, Rose do Posto de Saúde, Gilvan do Açougue e Tida de Davi, estiveram na cidade vizinha, Canavieiras para acompanhar a visita do governador do Estado, o petista Rui Costa.

\r\n

Segundo o prefeito Tiago de Dejair, ele aproveitou a presença do Secretário de Infraestrutura Marcus Cavalcanti para, mais uma vez, cobrar o andamento da situação da estrada que dá acesso ao Distrito de Comandatuba. Que recentemente teve a obra parada, com a desistência da empresa Onix engenharia. Fazendo com que o prefeito se dirigisse na semana passada para Salvador para cobrar que a segunda colocada fosse logo chamada. Em contato com o Atitude em Una, Tiago disse está bastante confiante que a obra sairá, “o mais importante e que me deixa tranquilo é que há o recurso para isso. Haja vista as recentes liberações de recursos para manutenção de estradas vicinais que o governo do estado vem realizando. Tanto o secretário quanto o governador me garantiram que em breve essa obra começará“, disse de maneira otimista o prefeito. Ele também afirmou que sua parte vem executando e que a visita de ontem serviu também para cobrar junto com os vereadores da cidade mais celeridade no projeto. O poder legislativo unense presente no evento também fez diversas reivindicações ao governador.

\r\n

O governador Rui Costa foi conferir as homenagens a São Boaventura, padroeiro daquela cidade, e na oportunidade inaugurou o Aeródromo Sócrates Resende. Segundo o Governo da Bahia um investimento de R$ 1.080.292,41. Em um vídeo divulgado pelo ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, que também esteve presente na cidade, Rui anunciou obras de recuperação de estradas na região e realizou a entrega de 40 barracas para a Associação dos Produtores Rurais da Região de Canavieiras, Além disso, ainda segundo o vídeo em que o governador aparece falando, foram aplicados R$ 175.158 mil em equipamentos de pesca, mariscagem, salvatagem e beneficiamento de mariscos, entregues, para pescadores e marisqueiros.

\r\n

O senador Otto Alencar também se fez presente e ainda estiveram também os deputados estaduais Eduardo Salles e Ângela Sousa e os deputados federais Bebeto Galvão, Paulo Magalhães e Davidson Magalhães. Além dos prefeitos. Marão de Ilhéus e o prefeito anfitrião Doutor Almeida.

\r\n

\r\n

Vejam vídeo do governador fazendo um resumo de sua visita:

\r\n


ITABUNA: Vereadores insatisfeitos com prefeito

Retirado do Ipolítica

\r\n

\r\n\r\n\r\n

Lua de mel entre legislativo e executivo pode está chegando ao fim
\r\n

Os vereadores de Itabuna devem se reunir na próxima semana para definir qual posicionamento irão adotar em relação ao executivo municipal. Segundo informações, a maioria dos vereadores está insatisfeita e já perderam a paciência com o tratamento que tem sido dado, tanto pelo prefeito Fernando Gomes, quanto pelos seus secretários em relação a pedidos de providências e respostas a requerimentos.

\r\n

Ontem, 29, no primeiro dia do “Forró do Povo”, pode se observar que apenas três edis estavam no camarote oficial, Alex da Oficina (PTN), Chicão (PTB) e Robinho (PP), líder do governo. No entanto, a maioria foi vista na pipoca, no meio da multidão.

\r\n

Segundo apurou o Ipolítica, já existem três pedidos de instalação de CEI – Comissão Especial de Inquérito adiantadas para serem votadas nos próximos dias.


ITABUNA, UMA CIDADE VIOLENTA: O QUE FAZER?

Texto retirado do site Ipolítica – Por Roberto José da Silva*

\r\n

\r\n

A história da formação dos arranjos espaciais da humanidade e de suas territorialidades é recheada de relatos dos mais diversos tipos de violência do homem contra o homem, normalmente em guerras travadas, desde o período em que o homem passou a habitar em cavernas e as batalhas por espaços evoluíram também juntamente com a humanidade. Na história contemporânea vivenciaram-se diversas guerras cujos objetivos foram à expansão das fronteiras territoriais. A atualidade traz consigo conflitos, das mais diversas origens, principalmente nas grandes regiões metropolitanas, que vem ceifando mais vidas que nas guerras declaradas.

\r\n

A violência criminal e o medo combinam-se levando a processos de mudanças dos espaços das cidades ditando bairros e/ou áreas serão valorizados, pelo quesito segurança, ainda que seja uma falsa sensação, porque a violência é dinâmica, assumindo características diferenciadas em cada espaço. Nos centros ou bairros de classes média a média alta toma vulto a criminalidade contra o patrimônio enquanto nas áreas periféricas se destaca o crime violento contra a pessoa , assim como em áreas rurais têm-se outro tipo de criminalidade, normalmente contra a pessoa, cuja motivação percentualmente é bem diferente que no espaço urbano. Dessa forma, em razão do medo generalizado de ser vitimizado pela criminalidade violenta, surgem espaços valorizados e desvalorizados com os seus enclaves fortificados dos mais variados tipos.

\r\n

Nesse contexto, recentemente foi publicado o ATLAS DA VIOLENCIA 2017, organizado pelo IPEA e FBSP (Fórum Brasileiro de Segurança Pública), que no primeiro momento traz uma análise a respeito da evolução dos homicídios nas regiões e Unidades Federativas entre 2005 e 2015 e na segunda seção, a evolução da taxa de homicídio por município, quando apresentamos a lista das taxas de homicídio em 2015 das localidades com mais de 100 mil habitantes, assim nesse ultimo prisma verificamos que Itabuna, não figura entre as 30 cidades mais violentas do Brasil, note-se que são dados relativos a 2015, que de fato foi um ano menos violento nesse quesito de crimes letais intencionais contra a vida (CLIV), contudo voltou a crescer os índices em 2016 e 2017 verifica-se também um viés de crescimento.

\r\n

Há de fato o que comemorar, pois as políticas de prevenção primárias foram implementadas durante o governo Vane, principalmente políticas relacionadas a inclusão sociocultural com a FICC e Secretárias afins, tais como a CASA DAS ARTES e VIVARTE, além de melhorias na iluminação publica e mobilidade urbana, assim, é preciso mais: manutenção e ampliação desses programas, além da geração de emprego e renda.

\r\n

Para além dessas ações é preciso estabelecer uma Agenda Municipal de Segurança Cidadã, a qual deve propor a implementar de uma estruturação da atuação municipal na prevenção da violência, considerada a vocação principal do município no que tange à segurança pública. Tal estruturação é feita a partir da sistematização de eixos prioritários: Estabelecimento de estruturas de gestão, financiamento, monitoramento e avaliação da Agenda Municipal de Segurança Cidadã; Produção e coleta de dados e informações para diagnóstico, monitoramento e avaliação; Fortalecimento dos fatores de proteção e redução dos fatores de risco de grupos populacionais, áreas geográficas e comportamentos mais suscetíveis à violência; Orientação das ações da Guarda Municipal para a mediação de conflitos e resolução de problemas.

\r\n

Por fim, as Políticas de Prevenção primária a violência, de competência da Gestão Municipal, devem ser articuladas e complementadas com ações mais eficientes de Segurança Pública, não devendo esquecer do problema relacionado ao Presidio Regional de Itabuna, assunto a ser tratado num próximo artigo.

\r\n

*Geógrafo, Mestre em Geografia com ênfase em criminologia de ambientes e Policial Civil


Ofício será encaminhado ao governador Rui Costa para fortalecer ações de defesa agropecuária na Bahia

Enviado pela ASCOM do Deputado

\r\n

\r\n

\r\n

\r\n

A Importância da Defesa Agropecuária na Bahia foi tema da audiência pública realizada nesta segunda-feira (19), no plenário da Assembleia Legislativa, e discutiu a necessidade de ações que fortaleçam a ADAB (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia). O órgão é responsável pela inspeção e controle dos produtos oriundos da agropecuária e, nos últimos anos, vem enfrentando dificuldades relacionadas a redução no quadro de funcionários, recursos financeiros, entre outras questões estruturantes.

\r\n

O deputado estadual Eduardo Salles, proponente da audiência, que foi aprovada, por unanimidade pela Comissão de Agricultura da ALBA, propôs que seja elaborado um ofício, com contribuições da AFA (Associação dos Fiscais Estaduais Agropecuários da Bahia) e ASSERF (Associação dos Especialistas e Fiscais do Grupo Ocupacional Fiscalização e Regulação do Estado da Bahia), ressaltando a importância da defesa agropecuária para o estado e, posteriormente, será encaminhado ao governador Rui Costa.

\r\n

“Tenho certeza que o governador tem feito muitos esforços para manter o nosso estado crescendo. E, neste momento, vamos pedir a sua sensibilidade para esta questão, pois a prevenção é uma demanda urgente. Não podemos nos omitir e correr o risco de ser surpreendido com entrada de pragas na Bahia”, explica Salles.

\r\n

\r\nEntre os pontos discutidos na audiência, foi citado a necessidade de mudança na indicação de profissionais para os cargos de chefia na ADAB. A principal sugestão é que as escolhas passem a ser realizadas por meio de uma lista tríplice, indicada pelos funcionários do órgão.

\r\n

O secretário estadual de Agricultura, Vitor Bonfim, defendeu que haja parceria entre a Agência e os gestores municipais e pontuou que a indicação por lista tríplice é uma possibilidade que pode ser avaliada. “É preciso uma relação mais próxima entre ADAB, a UPB, prefeitos e vereadores. Isso pode ser realizado por meio de um convênio de cooperação técnica, pois, ainda encontramos resistência a presença do órgão. A ADAB é a favor da defesa e do produto da agricultura familiar baiana”, destacou o secretário.

\r\n

DADOS DA ADAB

\r\n

Nos últimos anos, a ADAB vem passando por significativa redução do seu quadro de pessoal. Em 2007, o órgão contava com 1.952 servidores efetivos. Atualmente, este número está em 944, o que representa uma redução de 75,2%. Quanto aos servidores contratados via REDA, em 2007, o número de funcionário chegava a 592 e hoje, 147, uma redução de 52,7%.

\r\n

Embora o cenário de dificuldades seja uma realidade, o diretor-geral da ADAB, Marco Vargas, afirmou que todos os esforços estão sendo feitos e que já tem agenda marcada, com o governador, para discutir a necessidade de realização de concurso para órgão. “Estamos aperfeiçoando o trabalho e conseguimos avançar na medida do possível. Agora, vamos renovar 10% da nossa frota de veículos. Entretanto, gostaria de deixar registrado, um pedido aos secretários e deputados, para que tentem dar mais agilidade e desburocratizar as demandas da ADAB”, revelou Vargas.

\r\n

Na ocasião, estiveram presentes o secretário de Agricultura, Vitor Bonfim, o secretário de Infraestrutura e Recursos Hídricos e ex-diretor da ADAB, Cássio Peixoto, os deputados estaduais Gika Lopes, Fátimas Nunes, Luis Augusto, Rosemberg Pinto e Zé Neto. Também participaram o diretor da ADAB, Marco Vargas; o diretor-técnico do órgão, Paulo Emílio; o dirertor-presidente da AFA, José Neder Alves; a diretora-presidente da ASSERF, Andréa Kraychete; o superintendente do Ministério da Agricultura na Bahia, Osanah Setúval; o ex-diretor de Defesa Vegetal da ADAB, Armando Sá; o presidente da Associação dos Produtores de Café, João Lopes Araújo; o presidente da Associação Comercial da Bahia, Luis Fernando Queiroz; os ex-diretores da ADAB, Altair e Luciano Figueiredo.


Importância da Defesa da Agropecuária será discutida em audiência pública na ALBA

 \r\n

\r\n

A Comissão de Agricultura da ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia), presidida pelo deputado estadual Eduardo Salles, vai realizar na próxima segunda-feira (19), às 9h, no Plenário da ALBA, uma audiência pública para discutir a Importância da Defesa Agropecuária na Bahia.

\r\n

\r\n

O evento deve reunir a Comissão de Agricultura da ALBA, o colegiado da Casa, secretários estaduais e representantes do setor agropecuário. A proposta foi apresentada por Eduardo Salles, na última terça-feira (13), e aprovada por unanimidade durante a Comissão.

\r\n

\r\n

“A agropecuária é um patrimônio do estado e, como presidente da Comissão, acredito que precisamos ouvir, discutir e encontrar soluções efetivas que fortaleçam o setor. A nossa intenção é promover um intercâmbio de conhecimentos que resulte em propostas concretas”, ressalta.


UNA: Empresa gera oportunidades de emprego em Pedras

\r\n\r\n\r\n

Poder privado se junta ao associativismo e projeto poderá render frutos para Distrito onde nasceu a cidade de Una
\r\n

\r\n

Por: Laiane Albuquerque

\r\n \r\n

Na manhã de hoje (09), empresários, moradores de Pedras e o vereador Dilsinho estiveram reunidos na Associação de pescadores e Marisqueiros do distrito. O grupo discutiu um novo projeto para a comunidade, que visa à geração de emprego, renda e a inserção de mulheres no mercado de trabalho.

\r\n

\r\n

A proposta é do empresário Genilson Nascimento, que está em Una há seis anos, onde comanda uma empresa de artesanatos com fibras de coco. A ideia é expandir o negócio para outras localidades, oferecendo treinamento e trabalho para as pessoas. “É uma atividade que essas mulheres podem conciliar com outras, confeccionam vasos em casa, no tempo livre e recebem pelo que produzem”, explicou o empresário.

\r\n

\r\n

Quando o projeto foi apresentado ao vereador Dilsinho, que mora e atua em Pedras, recebeu total apoio. De acordo com ele, a ocupação de mulheres em outras funções, diminui a atividade pesqueira no local, ajudando na preservação da natureza. Além disso, algumas famílias têm como renda apenas programas sociais do governo.

\r\n

\r\n\r\n\r\n

Vereador Dilsinho, empresário Genilson e o representante da Associação de Marisqueiros de Pedras
\r\n

\r\n

Para Maria Lucia, moradora de Pedras e futura artesã, as expectativas são as melhores possíveis. “Espero que dê certo, é uma oportunidade de trabalho e mais uma forma de ganhar dinheiro. Nossa comunidade precisa de coisas assim para desenvolver”, afirmou.

\r\n

Na oportunidade, Genilson e o representante comercial da empresa, Vander, apresentaram o material de trabalho e explicaram como funcionará o serviço. Será fechado um contrato de prestação de serviços, elaborado por um advogado, assegurando direito e deveres das duas partes.

\r\n

\r\n

Apesar do desenvolvimento econômico que a empresa traz para a cidade, talvez tenha a sede transferida para Canavieiras, já que em Una o espaço onde funciona a fábrica é alugado e na cidade vizinha tem um espaço próprio, como explicou Genilson.

\r\n

Estamos negociando com a prefeitura, caso eles disponibilizem um local, continuaremos aqui, caso contrario teremos que transferir a empresa em dois meses e dispensar todo o pessoal aqui da cidade”, finalizou.

\r\n

\r\n

Mais fotos em galeria

\r\n

Fotos: Laiane Albuquerque

\r\n

\r\n

\r\n\r\n 


Secretária de educação de Una agora representa cidade na UNDIME

Foto dos participantes e novos representantes da Undime
\r\n\r\n
Professora e secretária de educação de Una – Soelma Silva
\r\n

Por Di Rusciolelli

\r\n

A Profª e secretária de educação de Una, Soelma Silva, foi eleita diretora técnica da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). A eleição aconteceu na última terça-feira (25) durante o XVII Fórum Estadual da UNDIME Bahia, no Centro de Convenções do Fiesta, em Salvador.

\r\n

A nova diretoria Executiva ficou da seguinte forma: Presidente, Williams Panfile Brandão; Vice-Presidente, Perpetua Boaventura; Diretor de Articulação, Roberto Gondim; Diretor de Finanças, Raimundo Pereira; Diretora Técnica, Soelma Silva Santos da cidade Una, e Diretor de Comunicação, Marcos Paiva.

\r\n

A professora que é Graduada em Pedagogia, e Pós Graduada especialista em Educação de Jovens e Adultos e Gestão Escolar, e que hoje está como secretária, disse que está muito contente em poder representar a cidade frente a Undime, e que seguirá se aperfeiçoando para contribuir com a educação. “É o que amo fazer! Educação é tudo e seguirei aprendendo cada dia mais para contribuir com a sociedade”, afirmou ao site Atitude em Una a secretária.

\r\n

O que é a Undime

\r\n

A União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) é uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em 1986 e com sede em Brasília/ DF.

\r\n

Tem por missão articular, mobilizar e integrar os dirigentes municipais de educação para construir e defender a educação pública com qualidade social. Seus princípios são: democracia que garanta a unidade de ação institucional; afirmação da diversidade e do pluralismo; gestão democrática com base na construção de consensos; ações pautadas pela ética com transparência, legalidade e impessoalidade; autonomia frente aos governos, partidos políticos, credos e a outras instituições; visão sistêmica na organização da educação fortalecendo o regime de colaboração entre os entes federados. As ações da Undime respeitam e representam a diversidade do país, ao reunir os gestores dos 5.570 municípios brasileiros. Diante de toda a abrangência e capilaridade, são promovidas reuniões, seminários e fóruns. O objetivo é buscar e repassar informação e formação a todas as secretarias municipais de educação, dirigentes e equipes técnicas.

\r\n

ATUALIZAÇÃO –  Confiram entrevista que a secretária Soelma concedeu no evento em Salvador:

\r\n


ILHÉUS: Vereador Lukas Paiva visita Ocké na prisão e questiona: Quem é o Lucas?

Na última sessão da Câmara de Vereadores de Ilhéus, o presidente da casa, o vereador Lukas Paiva (PSB), pediu um momento na fala de um outro vereador, que discursava no momento. No vídeo, gravado pelo Instituto Nossa Ilhéus, e também divulgado pelo Blog do Gusmão, o presidente relata a visita que fez ao colega de Casa, o vereador Jamil Ocké (PP), que está preso desde 21 de março no presídio Advogado Ariston Cardoso. Acusado pela Operação Citrus de ter se envolvido em um esquema que desviou mais de R$ 20 milhões de reais dos cofres públicos da cidade.

\r\n

A visita aconteceu no dia 3 de abril, véspera da posse do suplente Luiz Carlos Escuta (PP), que substitui Jamil de maneira provisória.

\r\n

No vídeo o vereador até questiona o fato da citação de um nome “Lucas” aparecer nas investigações. Confiram no vídeo:

\r\n

\r\n