A unense Claudia Santos segue brilhando Brasil a fora

received_992956130851251A unense Cláudia Santos brilhou no I Concurso ALAP Paranavaí Literária. Ela ficou em segundo lugar na categoria Poemas com o poema Eternizem-me. Em contato com nosso site, a poeta e autora nos disse que em breve estará disponibilizando o poema aqui no site Atitude em Una.

A academia de Letras e Artes de Paranavaí divulgou na noite de terça-feira (27) o resultado do I Concurso ALAP Paranavaí Literária. O evento foi realizado na sede social do Lions Clube de Paranavaí e teve a parceria da santa casa de Paranavaí. Concorreram 611 trabalhos procedentes de quase todos os estados. O concurso foi realizado em cinco categorias diferentes e na oportunidade foram escolhidos cinco trabalhos de cada categoria, declamados por equipes da Fundação Cultural de Paranavaí. Os textos foram enviados por escritores de várias regiões do país, sem o nome autoral e constando apenas um pseudônimo para critérios de análise.

Cláudia em um dos outros eventos que já participou na capital paranaense
Cláudia em um dos outros eventos que já participou na capital paranaense

Na categoria nacional segue os cinco trabalhos selecionados para receber uma menção honrosa, troféu e publicação na antologia da academia de letras:   POEMAS TEMÁTICOS SOBRE DOAÇÕES DE ORGÃOS (5 melhores da categoria nacional)

1 – VONTADE PÓSTUMA, de José Alberto Carvalho da Silva, da cidade de Manaus/AM

2 – ETERNIZEM-ME! De Cláudia Santos, da cidade de Curitiba/PR

3 – BIOMANIFESTO, de Eduardo F. F. de Abreu, da cidade de Cachoeiras de Macacu/RJ

4 – ANTÔNIMOS DA VIDA, de Daniely Araujo, da cidade de Corguinho/MS

5 – UM ÓRGÃO DOADO, de Arai Terezinha Borges dos Santos, da cidade de Campo Largo/PR

 A Comissão julgadora de crônicas e poemas temáticos foi composta pelos profissionais:

1- Jeferson Luiz Cadamuro Nunes, servidor da 2ª Vara do Trabalho de Maringá/PR, escritor, compositor, poeta, ocupante da cadeira nº 12 da Academia de Letras de Maringá (Patrono: Cruz e Souza).

2- Luiz Antônio Ricci de Almeida, médico legista de Paranavaí.

3- Regina Maria Torrezan de Souza, graduada e especialista em Letras, professora da Unespar – Universidade do Estado do Paraná, membro fundadora da Academia de Letras e Artes de Paranavaí, ocupante da cadeira nº 10 (patronesse Cecília Meireles).

A academia de letras e artes de Paranavaí e a Santa Casa realizarão um jantar no dia 29 de Outubro, dia da poesia, para entrega da premiação aos escritores selecionados.


Comentários fechados.